O SAL DA TERRA


O SAL DA TERRA

sal da terra

“E a mulher de Ló olhou para trás e ficou convertida numa estátua de sal”. Gêneses 19:26

O sal é um micro nutriente essencial que contém mineral de sódio e cloreto.  Era e continua sendo encontrado em grandes quantidades apreciáveis na área do mar morto. Os judeus que viviam na região norte da Palestina compravam de negociantes, servindo para inúmeros usos.

O cloreto de sódio (sal) não se deteriora, mas pode ser adulterado, e então perde as suas propriedades e se torna inútil, pois deixa realmente de ser sal. Em outras palavras, o sal puro não perde o seu caráter distinto, mas uma vez misturado com elementos impuros e estranhos, pode perder a sua propriedade.  O sal pode conservar a aparência de sal, mas não o seu caráter realmente, transforma-se noutra substância.

A importância do sal pode ser vista no fato de que os soldados Romanos recebiam seu soldo, pelo menos em parte, sob a forma de sal, de onde se derivou nosso termo, em português, o “salário”. O sal é considerado como dotado de uma propriedade distinta e importante, ou seja, a de conservar ou condimentar.

A mais evidente característica geral do sal é que ele é essencialmente diferente do meio que é posto. Seu poder está precisamente nesta diferença. A função primária do sal é preservar, deter a decomposição, agir como anti-séptico, de modo que os germes latentes, por exemplo, na carne, possam ser neutralizados ao contato com ele.

A IMPORTÂNCIA DO SAL NA BÍBLIA

São muitos os usos e utilidades do sal na bíblia. Destacamos alguns:

  • Para a condimentação da alimentação humana. Jó 6:6 e dos animais. Is 30:24
  • Para preservar alimentos de putrefação e decomposição. Ex 30:35
  • Os sacrifícios e ofertas no Antigo Testamento tinham que ser acompanhados de sal, sobretudo a dos de cereais ou manjares (Lv 2:13) e os holocaustos (Ez 43:24), simbolizando a natureza eterna da aliança de Deus com Israel.

Levítico 2:13 –  E todas as tuas ofertas dos teus alimentos temperarás com sal; e não deixarás faltar à tua oferta de alimentos o sal da aliança do teu Deus; em todas as tuas ofertas oferecerás sal.

Esdra 6:9 – E o que for necessário, como bezerros, carneiros, e cordeiros, para holocaustos ao Deus dos céus, trigo, sal, vinho e azeite, segundo o rito dos sacerdotes que estão em Jerusalém, dê-se-lhes, de dia em dia, para que não haja falta.

  • Por causa de seu valor medicinal os recém-nascidos eram banhados com água salgada e esfregados com sal.

Ezequiel 16:4 – E, quanto ao teu nascimento, no dia em que nasceste não te foi cortado o umbigo, nem foste lavada com água para te limpar; nem tampouco foste esfregada com sal, nem envolta em faixas.

  • Aliança Perpétua de sal instituída por Deus para com seu povo de Israel tinha como propósito de servir como emblema de lealdade e permanência.

Número 18:19 – Todas as ofertas alçadas das coisas santas, que os filhos de Israel oferecerem ao SENHOR, tenho dado a ti, e a teus filhos e a tuas filhas contigo, por estatuto perpétuo; aliança perpétua de sal perante o SENHOR é, para ti e para a tua descendência contigo.

2 Crônica 13:5 –  Porventura não vos convém saber que o SENHOR Deus de Israel deu para sempre a Davi a soberania sobre Israel, a ele e a seus filhos, por uma aliança de sal?

O sal entre os orientais era freqüentemente usado para a ratificação de alianças, como símbolo de fidelidade, constância e virtude. Um acordo de amizade era selado com um presente de sal que continua sendo observado até hoje pelos  árabes.

Hoje essa aliança também é exigida entre os ocidentais:

  • Com Deus,
  • Familiares (cônjuges, filhos, Parentes)
  • Igreja, irmãos.
  • Homens, amigos.

O sal pode trazer maldições e mortes (terras salgadas).

Porém, o excesso de sal é considerado um inimigo para a saúde, podendo provocar situações de hipertensão arterial, perturbações gástricas, etc. A dose diária não deve ultrapassar os 6 g por pessoa.

O sal de cozinha, ou cloreto de sódio, é muito usado no tempero da comida. Os brasileiros comem, mais ou menos, quatro colheres das de café cheias de sal por dia (10g/dia).

O Rei Abimeleque seguiu um antigo costume ao semear  sal na arruinada cidade de Siquém ( Jz 9:45), como sinal de desolação. O efeito do sal sobre a vegetação produzia uma terra requeimada e desolada. (Dt 29:23), assim é que os lugares secos e desertos (Jr 17:6) eram sinônimos de terra salgada.

Deuteronômio 29:23 –  E toda a sua terra abrasada com enxofre, e sal, de sorte que não será semeada, e nada produzirá, nem nela crescerá erva alguma; assim como foi a destruição de Sodoma e de Gomorra, de Admá e de Zeboim, que o SENHOR destruiu na sua ira e no seu furor.

Juízes 9:45 –  E Abimeleque pelejou contra a cidade todo aquele dia, e tomou a cidade, e matou o povo que nela havia; e assolou a cidade, e a semeou de sal

Vale Do Sal (Lugar de vitórias/guerras  vencidas)

2 Samuel 8:13 –  Também Davi ganhou nome, voltando ele de ferir os sírios no vale do Sal, a saber, a dezoito mil.

2 Reis 14:7 – Este feriu a dez mil edomitas no vale do Sal, e tomou a Sela na guerra; e chamou-a Jocteel, até ao dia de hoje.

1 Crônica 18:12 – Também Abisai, filho de Zeruia, feriu a dezoito mil edomeus no Vale do Sal.

- Tradicionalmente, o local tem sido aceito como planície que fica a sul/sudoeste do mar morto, do lado oposto do Oásis do Delta Zered, onde uma planície com dez a treze quilômetro de comprimento dá de frente para a colina de sal de Jebel Usdum, com oito quilômetros de comprimento por duzentos  metros de alturas.

Sal produz milagres, nas mãos de um homem de Deus. 2 Reis 2:19 –  22

JESUS FALA DA IMPORTÂNCIA DE SER SAL

Mateus 5:13 – Vós sois o sal da terra; e se o sal for insípido, com que se há de salgar? Para nada mais presta senão para se lançar fora, e ser pisado pelos homens.

“Vós sois o sal da terra” (Mateus 5:13). “Vós sois a luz do mundo” (Mateus 5:14). “As metáforas que Jesus escolheu para ilustrar a natureza crucial do chamado do reino foram confeccionadas com materiais caseiros comuns. Nenhuma casa da Palestina deixava de ter algum sal, ou uma lâmpada para espantar a melancolia da noite. O mundo dos homens, por causa do pecado, estava apodrecendo na escuridão. Os cidadãos do reino do céu estavam destinados a serem o sal para impedir a putrefação do pecado e a luz para penetrar seu escuro desespero. Jesus advertiu ainda seus discípulos que o mundo que eles pretendiam preservar, eles também tinham que perder”. R. Champlin

No sermão da montanha o senhor Jesus dá a entender a salubridade e vitalidade do crente quando diz a seus discípulos: Vós sois o sal da terra;

A idéia geral é que o crente santificado deve possuir a realidade daquilo que professa, da mesma forma que o sal apresenta a propriedade que esperamos dele.

A idéia de purificação se destaca em Mc 9:49, onde o Senhor afirma que, no juízo final “cada um será salgado com sal”.

MC 9:49 – Porque cada um será salgado com fogo, e cada sacrifício será salgado com sal.

- Os discípulos de Jesus, do mesmo modo, são chamados a ser como um purificador moral em um mundo onde os padrões morais são baixos e instáveis, ou mesmos inexistentes. Eles só poderão cumprir essa missão se retiverem a sua virtude – e isso exige muita disciplina pessoal e renúncias.

A qualidade da vida cristã deve ser cultivada pelo crente; e este deve recear perdê-lo consoante a pergunta e a resposta de Jesus:

  • Como Jesus afirma a seguir, se um discípulo perde a sua virtude, ele é como o sal que perde a sua salinidade, tornando-se assim, uma substância completamente inútil, só servindo para ser jogado fora, nas ruas, onde é pisado pelos caminhantes.

“Se o sal se tornar insípido”: Não fazer diferença; não influenciar; ser manipulável; ser conformado; intragável.

  • “Se o sal vier a ser insípido” (Mateus 5:13). “Os cidadãos do reino, ainda que muito mergulhados no mundo, jamais devem tornar-se mundanos. O sal não pode perder sua salinidade (Lucas 14:34-35; Marcos 9:50). Seu sabor depende da santa distinção de suas vidas e caráter. A paixão pela justiça jamais pode ser comprometida ou então a utilidade do discípulo chega ao fim. Ainda que o sal, de fato, não pode deixar de ser salgado, ele pode, como o pó salgado que se forma nas praias do Mar Morto, tornar-se tão poluído que seja tão inútil como o pó da estrada. Se, por concessões feitas ao mundo o sal for lavado de nós, deixando apenas um resíduo de mundana respeitabilidade, belos edifícios, círculos sociais agradáveis e rituais vazios, nós, também, nos tornaremos totalmente sem valor!”R. Champlin
  • “Como lhe restaurar o sabor?” “… Para nada mais presta”. Alguns estudiosos acham que está em vista nessas palavras, a apostasia (Hb 6:1-6). Depois de perder o seu sabor, o sal nunca mais readquire seu verdadeiro caráter. Assim sucede àquele que acolhe os ensinos e as bênçãos de Deus e depois os abandona.
  • “… Senão para ser lançado fora, ser pisado pelos homens…”. “O Talmude mostra que o sal que não era puro e útil para ser usado nos ritos dos sacrifícios (que eram oferecidos com sal), eram lançados nos degraus e declives ao redor do templo para impedir que o terreno se tornasse escorregadio, e assim era pisado pelos homens. Também houve instâncias do uso do sal na pavimentação de estradas. Assim também a religião sem autenticidade dificilmente tem uso digno para os discípulos de Jesus ou para o mundo em geral.”R. Champlin.
  • Muito sal produz doenças como hipertensão e outras. O organismo requer equilíbrio em tudo, tanto de alimentos como condimentos na medida.
  • O cristão é tão diferente dos outros homens como o sal no prato difere do alimento em que é colocado

O apóstolo Paulo recomenda-nos a sabedoria, a prudência e a higidez nas conversações e relacionamentos entre os crentes, e os de fora, quando escreve:

CL 4:6 – A vossa palavra seja sempre agradável, temperada com sal, para que saibais como vos convém responder a cada um.

  • Língua com sal.
  • Palavras com sal.
  • Conversas com sal.

PV 18:20,21 –  Do fruto da boca de cada um se fartará o seu ventre; dos renovos dos seus lábios ficará satisfeito. A morte e a vida estão no poder da língua; e aquele que a ama comerá do seu fruto.

MT 5:13 – Vós sois o sal da terra; e se o sal for insípido, com que se há de salgar? Para nada mais presta senão para se lançar fora, e ser pisado pelos homens.

Que nosso grito, em oração, seja para que jamais percamos o sabor genuíno de cristãos, e caso ainda não o tenhamos, devemos clamar para que Deus nos tempere, ao decidirmos por andar com Ele.

Extraída do Livro: Mensagem de Livramento

Pr Francisco  Nascimento

About these ads

27 comentários sobre “O SAL DA TERRA

  1. Obrigada, estava aqui pesquisando em algusn diconáriso sobre o uso do sal na Bíblia e ainda bem q achei seus estudso. Perfeito, me ajudou muito. Amanhã faei uma liturgia especial pois a mensagem será sobre sal…
    Deus continue a abençoar-te e inspirar

  2. Obrigada, por esse estudo maravilhoso,que acrescentou muito em minha vida.Estava pesquisando sobre o sal,para um estudo biblico e achei tudo como queria.
    Paz de Cristo!!!

  3. Olá, Tudo bem! Entrei num chat-bate-bapo, aqui na minha cidade, ai falando com algumas pessoas, falei para eles que quando tinha uma idade entre 8 a 9 anos vi chamas de fogo em uns dos quartos da minha casa e, falei das opressões que as vezes sofro quando estou dormindo, comentei que as vezes sou sinsintivo. Aí ele me disse que eu era Sal, o que quer dizer isto?

  4. Eu acredito que Deus criou o homem e deixou o manual de instrução, a “BÍBLIA SAGRADA” que é a palavra de Deus,” e não produtos enlatados, eu costumo dizer que: “As pessoas precisam parar de comer tudo o que dão. E começar a questionar! ” Alguém escuta alguma coisa de alguém, e saem falando, sem questionar, sem saber se é verdade ou não. As pessoas precisam se perguntar! Será que a minha crença esta de acordo com a lei de Deus? Será que a religião que eu nasci sempre me falou a verdade? Será que tem uma seqüência para salvação? Religião salva alguém? O que é pecado contra o próprio corpo? O que é caminho da carne?
    O que a bíblia diz sobre: Idolatria, o que a bíblia fala sobre imagens e esculturas? Quando uma pessoa morre pra onde ela vai? Ela volta? Crer em Deus é fato! A bíblia apóia o homossexualismo? Quem não herdaram o reino de Deus? Mas se eu não aceitar Jesus, se eu não confessar Jesus como meu único salvador, mesmo assim serei salvo? Qual é o verdadeiro batismo e a verdade sobre a ceia do Senhor? Quebrando maldição, como assim? Ganhar o mundo inteiro e perde a sua alma? Essas e outras perguntas e resposta você vai encontrar no site. http://www.aunicaverdadeemsuapropriabiblia.blogspot.com “Seja sua bíblia de católico ou de evangélico.” Você pode dizer, eu já estou salvo amém! Vamos atrás de quem não esta, divulgue este site, fale para outras pessoas, por que “O Senhor não retarda a sua promessa, ainda que alguns têm por tardia: mas é longânimo para convosco, não querendo que alguns se percam, senão que todos venham a arrepender-se.”( II Pedro cap 3 ver 8 ) e “Que quer que todos os homens se salvem, e venham ao conhecimento da verdade. Porque há um só Deus, e um só Mediador entre Deus e os homens, Jesus Cristo homem. (I A Timóteo cap 2 ver5e6) Vês aqui, hoje te tenho proposto a vida e o bem, e a morte e mal. Os céus e a terra tomo hoje por testemunhas contra vós, que tenho proposto a vida e a morte, a benção e a maldição; escolhe, pois, a vida, para que vivas…(Deuteronômio c.30 v. 15 e16)
    Quer saber mais acesse:
    http://www.aunicaverdadeemsuapropriabiblia.blogspot.com
    “Seja sua bíblia, de católico ou de evangélico.”

  5. a paz para os amados, estava concluindo estudo e com pouca informaçao recebi revelaçoes do senhor a respeito de mat 5; 13 para ministrar a noite e fui abençoado com confimaçoes atravesdesse estudo e recebi mais, Deus abencoe.

  6. A paz do Senhor Jesus !estão de parabéns! estudo maravilhoso que acabei de estudar Deus me deu varias revelações de sua palavra a respeito do sal .Que o Espirito Santo continue cada vez mais e mais dirigindo suas vidas e capacitando no seu ministério. fique na paz do senhor Jesus!

  7. Estava sentada observando o mar ,e e comecei a meditar sobre o sal,rapidamente peguei meu celular entrei na net e comecei pesquisar, e achei esse site maravilhoso, e abençoado ,que me ajudou bastante a enteder por que nós cristãos somos comparados ao sal. Amei.

  8. muito sal causa sede também, só que uma sede desenfreada e isso é um perigo, pois pode gerar fruto fora de época, tendo em vista que acaba-se tendo que regar muito a terra. a paz aos irmãos.

  9. Paz do Senhor ,Que Deus continue abençoando todos nós e que possar estar sempre presente em nossas Vidas’ Parabéns por esse estudo que apresenta tópicos maravilhosos’ fiquem na Paz de Deus’

  10. Pr Francisco, estou louvando a Deus por sua vida e por ter lido este estudo. Deus esta realmente utilizando sua vida para dar sabor de discernimento a muitas vidas que estavam precisando conhecer melhor este assunto. O sal de sua vida (VIRTUDE) está salgando vidas através desta obra quede Deus lhe concedeu.

    OBRIGADO POR SEU SAL EM NOSSAS VIDAS!
    Pr. Gilmar Silva
    email: prgilmarfs@gmail.com

  11. Boa noite amados irmãos, tremendo ensino a respeito do Sal, aprendi muito. Que o Senhor continue usando tua vida Pastor, poderosamente

  12. estou começando a estudar agora sobre a bíblia, ja sabia algumas coisas mais essa do vale do sal, posso entender como precisamos dizer para as pessoas q somos o sal da terra. boa noite e paz a todos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s