O CURRÍCULO DO HOMEM CRISTÃO


 “Certo dia os anjos, isto é, os filhos de Deus, vieram apresentar-se perante Yahweh, o SENHOR, e Satan, o Acusador, aproximou-se também junto com eles.  Então Yahweh questionou a Satanás: “De onde vens?” E Satanás deu-lhe a seguinte resposta: “De perambular pela terra e ir e vir pelos caminho do mundo!”  Indagou-lhe então Yahweh: “Observaste o meu servo Jó? Em toda a terra não há ninguém como ele: ser humano íntegro e justo, que ama e teme a Deus e se desvia do mal!”  Diante dessas palavras Satanás contestou a Yahweh, questionando: “Será que Jó teme a Deus sem outras intenções?  Porventura não ergueste uma cerca protetora em volta dele, de sua família e de tudo o que ele possui? Tu, pessoalmente, tens abençoado todas as obras das mãos desse homem, de maneira que os seus rebanhos estão espalhados por toda a terra.  Entretanto, estende a tua mão e fere tudo que ele tem, e com certeza ele te amaldiçoará e blasfemará diante da tua face!”  Então Yahweh declarou ao Acusador: “Concedo-te poder para destruir tudo o que ele possui, apenas não estendas a tua mão contra a pessoa dele!” E Satan deixou a presença de Yahweh.” Jó1:6-12; 2:1-6

 

Que é um Currículo?

Currículo significa “carreira de vida”. Serve para descrever a trajetória de uma pessoa. É seu cartão de apresentação. Refere-se ao conjunto de experiências de uma pessoa, entre elas as loborais (profissionais), as educacionais ( formação) e as vivenciais. De posse dessas informações, o recrutador identifica com clareza e rapidez, quem é que se apresenta para o cargo.

Quero meditar com os irmãos em que carreira de vida temos para apresentar como cristãos, como aqueles que foram alcançados e separados pelo grande recrutador, Jesus de Nazaré. Qual nosso cartão de apresentação, os conhecimentos adquiridos e as experiências que acumulamos para a prática cristã nesta terra.

No texto que lemos, observamos como Deus, descreve o homem Jó. Chego até a abstrair a satisfação e alegria de Deus ao descrever Jó, diante de Satanás.

No discurso de Deus, a partir do vs 8, do capítulo primeiro, Deus diz a Satanás: “Observaste o meu servo, Jó? A primeira característica que Deus ressalta em Jó é que ele era servo.

Um servo é um escravo, uma pessoa que é totalmente dedicada a servir outra pessoa. Todo crente é chamado para servir a Deus. O servo  preocupa-se mais em fazer a vontade de seu Senhor, que em satisfazer seus próprios desejos. Jesus se tornou servo para nos salvar. Ele é totalmente superior a nós, mas decidiu nos servir, por amor a seu Pai. Da mesma forma, nós devemos servir uns aos outros. O servo de Deus, serve a seus irmãos. “Quem me serve, precisa seguir-me; e, onde estou, o meu servo também estará. Aquele que me serve, meu Pai o honrará”. João 12:26.

Servo, a primeira característica para o currículo do homem cristão.

E Deus continua sua fala sobre Jó:“ ser humano justo e íntegro”.

Um justo é uma pessoa que pratica a justiça e rejeita o pecado. Deus é justo. Quem é justo faz sempre o que é certo e procura não cometer erros. Deus abençoa o justo que lhe obedece de todo coração. Jesus morreu para nos justificar (tornar justos). Agora quem crê em Jesus e se arrepende se tornará justo, porque tem Jesus dentro do coração. Jesus nos ajuda a ser justos, escolhendo o que é certo. “Como justos, recuperem o bom senso e parem de pecar; pois alguns há que não tem conhecimento de Deus; digo isso para vergonha de vocês”. 1 Coríntio 15:34.

Justo, segunda característica para o currículo do homem cristão.

Deus também expressa sua alegria, pois Jó era íntegro.

Integro vem de integro, que quer dizer inteiro. Devemos ser inteiramente do Senhor, em palavras, pensamentos e ações. Não nos dividimos, sendo apenas parcialmente do Senhor naquilo que nos interessar. Qualidade também que expressa ter caráter, honestidade, não se deixa corromper, nem corrompe. ´É reto, transparente, verdadeiro. A integridade expressada na vida de Jó não significa que ele fosse impecável, pois ele próprio sabe reconhecer seus pecados, ainda que defenda sua integridade moral. “Ministrai-me, dai-me o saber, e eu me calarei; mostrai-me onde cometi erro ou pecado(6;24). Por que não perdoas as minhas ofensas e não apagas de vez os meus pecados? Porquanto em breve me deitarei no pó; tu me procurarás, contudo eu já não existirei”(7:21).

“Agora temam o Senhor e sirvam-no com integridade e fidelidade. Joguem fora os deuses que os seus antepassados adoraram além do Eufrates e no Egito e sirvam ao Senhor”. Josué 24:14.

Integridade, a terceira característica para o currículo do homem cristão.

Mas Deus não para por aí, Ele afirma ainda sobre Jó: que ama e teme a Deus. Amar a Deus é um imperativo, já mencionado no A.T. Jesus veio para aperfeiçoar mais esse conceito, quando foi, ele mesmo expressão desse amor por nós, que renunciou e sofreu tudo para nos resgatar ao Pai, ao primeiro projeto perfeito. Então, para amar a Deus, precisamos da mesma disposição de entrega, renúncia, sacrifício e primazia. O temor vem associado a esse amor, reverenciando, respeitando, observando sua soberania como aquele que é perfeito em tudo, obedecendo e colocando-se sempre dependente da sua vontade, como a melhor das assertivas.

Respondeu-lhes ele: Amarás o Senhor teu Deus de todo teu coração, de toda  a tua alma, de todas as tuas forças e de todo o teu entendimento, e ao teu próximo como a ti mesmo”. Lucas 10:27

“Quem dera eles tivessem sempre no coração esta disposição para temer-me e para obedecer a todos os meus mandamentos. Assim, tudo iria bem com eles e com seus descendentes para sempre”. Deuteronômio 5:29

Amor e temor, as outras duas características acrescentadas ao currículo do homem cristão.

E Deus conclui sua descrição de Jó, afirmando: “e se desvia do mal!”.

Devemos entender que em nossa caminhada, sempre haverá uma escolha há seguir, essa nossa escolha em que caminho andar, sempre irá determinar os resultados do nosso amanhã. Jó se desviava do mal, já nos revela os resultados da vida de um homem temente a Deus, de integridade e retidão. Desviar-se do mal é renegar um estilo de vida pecaminoso e seguir a Deus com sinceridade. Não há como seguir dois estilos de vida. Como dizem popularmente: o cristão Raimundo, um pé na igreja e outro no mundo.

Amados, jamais imiteis o que é mau, mas sim o que é bom. Aquele que faz o bem é de Deus; aquele que faz o mal não conhece a Deus”.3João 1:11.

“Esforçai-vos para viver em paz com todas as pessoas e em santificação, sem a qual ninguém verá o Senhor”. Hebreus 12:14.

“Portanto, submetam-se a Deus. Resistam ao diabo, e ele fugirá de vocês”. Tiago 4:7.

Desvia-se do mal, outra característica para o currículo do homem cristão.

Outras características do servo Jó, que devem ser anexadas ao currículo do homem cristão:

  • Era sacerdote em sua casa e apresentava sua família a Deus. “Seus filhos costumavam visitar uns aos outros e cada vez um deles preparava um banquete e mandava convidar suas três irmãs para comer e beber com eles. Assim que passava o período das festas e banquetes, Jó os mandava chamar e fazia com que se santificassem por meio dos ritos de purificação. Jó levantava-se ao romper da aurora e oferecia holocaustos, isto é, sacrifícios completamente queimados, em nome de cada um de seus filhos, pois pensava: “Talvez meus filhos tenham pecado, ainda que no íntimo de cada um, e assim blasfemado contra Deus em seus corações!” E era assim que Jó vivia e procedia. Jó 1:4 – 5
  • Aceitava a vontade de Deus e a ela se submetia. “Ao ouvir tudo isso, Jó levantou-se, rasgou o manto que vestia e foi raspar a cabeça. Logo em seguida, ajoelhou-se, encostando o rosto no chão, em sinal de humildade e adoração diante de Deus, e exclamou em oração: “Nu deixei o ventre de minha mãe, e nu partirei da terra. Yahwehdeu, Yahweho tomou; louvado seja o Nome do SENHOR!” E em todas as suas atitudes Jó não errou nem pecou, e também jamais culpou a Deus por revés algum. Jó 1:20-22
  • Perseverante. O sofrimento não o fez blasfemar, cresceu na experiência com Deus. “Então Jó abre seu coração diante de Deus e declara: “Sei que podes realizar tudo quanto desejares; absolutamente nenhuma das tuas ideias e vontades serão frustradas! Tu questionaste: ‘Quem é este que sem conhecimento obscurece o meu conselho?’ De fato falei do que não entendia, abordei assuntos sobremodo complexos sem a devida sabedoria. Tu ordenaste: ‘Agora, pois, ouve-me, e Eu falarei; Eu te questionarei, e tu me responderás!’ De fato, meu ouvidos já tinham ouvido a teu respeito; contudo, agora os meus olhos te contemplaram! Por essa razão menosprezo a mim mesmo e me arrependo sinceramente no pó e na cinza.” Jó 42: 1-6
  • Bem quisto na comunidade e família. E depois que Jó intercedeu pelos seus amigos, o SENHOR o tornou novamente próspero e lhe concedeu em dobro tudo o que possuía antes.Então todos os seus irmãos, todas as suas irmãs e todos os que antes o conheciam foram visitá-lo e comeram com ele uma refeição em sua casa. Eles se compadeceram dele e o consolaram de todas as provas e aflições que o SENHOR tinha trazido sobre ele, e cada um lhe deu uma quesitah, moeda de prata, e um anel de ouro. Jó 42:11
  • Sua fé lhe concedeu vitória sobre todas as adversidades que lhe sobrevieram. “Depois de todos esses eventos, Jó ainda viveu 140 anos; viu seus filhos e os descendentes deles até a quarta geração. E então morreu Jó, realizado e em idade muito avançada”. Jó 42:16-17.

 

Todas essas características podem ser adicionadas ao currículo do homem cristão.

Ser cristão é uma decisão muito séria, necessária a cada pessoa, pois sem essa decisão, não participaremos da vida porvir, na presença do Senhor.

Jó passou por muitas dificuldades, conflitos, questionamentos, mudança de pensamento em relação a Deus e a religião. Acreditava que o justo não poderia passar por provações.

Ele sofreu, amaldiçoo o dia de seu nascimento, o ventre que o gerou, o tempo em que foi concebido. Como qualquer um de nós, quando não entendemos o motivo de nosso pesar, de nossas perdas, doenças… Mas ele à sua maneira, satisfez a confiança que Deus depositou nele, ao permitir que satanás o tocasse: Mostrar que o adorava sem pretensão nenhuma e que seu amor sobrepujou qualquer sofrimento, entendendo que Deus, em seus propósitos é de fato soberano e nada fica devendo a ninguém.

Quero enfatizar que uma coisa fica de fora do currículo do homem cristão; A experiência. Você será recrutado como está, com direito a galgar todas as etapas de crescimento e do plano de carreira. A experiência, você vai adquirir dia a dia, através do contato e da intimidade com seu recrutador. Ele o instruirá.

Você, a cada dia, será mais capacitado e seu currículo vai ser como o de Jó ou mais aperfeiçoado ainda, pois você é capacitado, hoje, com o Espírito Santo, que te assiste em tuas fraquezas e te confere o novo caráter: o caráter de Cristo. E então, poderá exclamar no fim de tudo: De fato, meu ouvidos já tinham ouvido a teu respeito; contudo, agora os meus olhos te contemplaram!

 

 

Miss. Helena Paladino

 

 

 

 

 

Um comentário sobre “O CURRÍCULO DO HOMEM CRISTÃO

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s