PEREZ O ROMPEDOR


PEREZ, O ROMPEDOR

imagem Corredor

“Sucedeu que, ao tempo de ela dar à luz, havia gêmeos em seu ventre; e dando ela à luz, um pôs fora a mão, e a parteira tomou um fio encarnado e o atou em sua mão, dizendo: Este saiu primeiro. Mas recolheu ele a mão, e eis que seu irmão saiu; pelo que ela disse: Como tens tu rompido! Portanto foi chamado Pérez.” Gênesis 38:27-29

 

           É comum se falar quando uma pessoa não atinge seus objetivos: aquela pessoa não rompeu. Tinha tudo para conseguir sair vitorioso, mas não rompeu.

           Na vida ministerial quando um pastor é mandado para dirigir uma igreja e ela não cresce, diz-se que aquele obreiro não rompeu. Em outras palavras não conseguiu atingir os objetivos esperados.

          No esporte também se faz necessário romper obstáculos, vencer os limites e superar os oponentes e atravessar a faixa da vitória.

          Nestes dias, assistir um vídeo, em que um atleta, na corrida de 400 metros, sofre uma distensão muscular no meio da competição,  que o inviabilizou de continuar correndo. Mesmo assim, sofrendo dores terríveis na perna, ele  prosseguiu andando, mesmo trôpego. Surpreendentemente, seu pai invade  a pista de corrida para ajudá-lo a chegar até a faixa final.  O filho atleta rompe seu objetivo com ajuda de seu pai.

          Nas conquistas seculares também se faz necessário romper para realizar os sonhos de uma vida bem sucedida. Para se atingir a prosperidade material faz-se necessário romper muitos obstáculos, travar muitas batalhas, derramar muito suor, superar muitos oponentes até conseguir atingir o topo da pirâmide social.

          Romper nesse sentido, tem a ver com conquistas, superação, vitória em meio às lutas e dificuldades.

          Quando estudamos a vida de Perez, aprendemos lições preciosas que nos ensinam a romper e conquistar nossas metas e objetivos.

          Perez era filho de Judá e Tamar.  Os relatos  de seu nascimento, juntamente com seu irmão Zera, com o qual era gêmeo, já demonstravam que era um lutador. Ao perceber que seu irmão ia nascer primeiro, de uma forma inusitada, ele consegue sair primeiro que seu irmão. PEREZ significa: ROMPEDOR. 

          Quando você amplia o conhecimento de que a Bíblia fala de Perez e seus descendentes,  compreende a historia de um vencedor, de um homem de sucesso, como diríamos nos tempos modernos.

          Em todos os negócios importantes da nação de Israel, e em ocasiões de crise nacional, sobressaíam os filhos de Perez. Os livros de Neemias e Crônicas estão cheios de referências  genealógicas da família de Perez.

        Jasobeão Hacmonita, o principal dos trintas valentes de Davi, que com sua lança derrotou mais de 300 soldados do inimigo, era descendente de Perez. II Sm 23:8; I Cr 11:11;27:23

         Seus filhos chegaram a ser chefes de capitães do exército de Israel. I Cr 27:3

      Quando o povo de Israel saiu da Babilônia por volta de 537 a.C. voltaram do exílio 468 soldados valentes descendentes da família de Perez.   Ne 11:6

        Zorobabel, o primeiro governador pós-exílio era da família de Perez, e um excelente governador.

       Mas é na participação da genealogia de Jesus, onde observamos sua maior expressão, pois o nome de Perez sobrepuja, de uma forma singular a tantos outros. Ele que teve um nascimento de forma inusitada, passa a pertencer a lista dos vencedores da família de Davi e de Jesus, o Salvador da humanidade (Rute 4:18-22; Mt 1:3).

        Perez ensina a não me conformar com o segundo lugar, eu tenho que  esforçar-me para ser o primeiro. Eu quero  mais, eu posso muito mais. Lutar em todas as etapas da vida pela excelência da primazia.  Ser o primeiro, não pelo fato de colocar outros para trás. Não! Ser o primeiro porque você é um vencedor, porque você lutou para isso. Você estudou para isso. Você sonhou estar no topo, é a marca suprema de seus anseios e desejos mais profundos.

        Você nunca deve se conformar com a mediocridade, em estar sempre em segundo… terceiro… último  lugar… Acredite, você nasceu para ser cabeça e não cauda, o primeiro e não o último!

       Foi assim com Joaquim Barbosa. Quando jovem, trabalhava no tribunal e  sonhava chegar ao topo, o que de fato aconteceu. Hoje, ele é o presidente do Supremo Tribunal Federal. Seus parentes contam que na infância pobre, ele não largava os livros, não se conformava com a pobreza, sempre dizia que um dia seria juiz. Ele queria mais, ele sabia que podia muito mais.

        Foi assim com Marina Silva. Aos 17 anos, no Seringal de Xapuri/Acre, não sabia ler e veio para Rio Branco/Acre trabalhar como doméstica. Ela disse: eu quero mais… Eu posso muito mais. O sonho começou em sua mente, mas  ela trabalhou para colocar o projeto em execução. Hoje ela causa assombro à presidente Dilma, haja vista que pode até  se tornar a próxima presidente do Brasil. Eu quero mais, dizia ela, eu posso muito mais.

      Foi assim com Jacó. Quando seu irmão Esaú, que tinha o direito sacerdotal da primogenitura por ser o primeiro filho, cochilou, não dando valor ao seu direito patriarcal, colaborou para Jacó montar uma estratégia para obter a bênção para si.   Ele comprou o direito de primogenitura por um prato de lentilhas. Ele queria mais e sabia que podia muito mais.

                      ROMPENDO NAS CONQUISTAS SECULARES

    Cultura, Escola e profissão, demanda de boa formação acadêmica (estudos dia e noite, leitura, separação de maus companheiros e preguiçosos); sentar na frente em sala de aula e arregalar bem os olhos, procurar memorizar o aprendizado, anotar tudo.

    Emprego. Para se conseguir bons salários, boa posição na empresa e bons relacionamentos. Tem que se começar por pequenos trabalhos bem feitos, para ser reconhecido nos grandes. Tem empregado (às vezes até analfabeto) que já quer começar por cima, mandando se possível até no chefe.

     O salário inicial não é o mais importante, porque se você mostrar valor, trabalho e inteligência, logo seu chefe irá propor-lhe melhores salários.

     Trabalhe devagar, com calma e perfeição, não se apresse, a não ser que seu chefe queira, mostre a ele o seu valor. Faça sempre mais que o seu chefe lhe pedir, vá além das expectativas.

   Aquisição de bens (móveis, imóveis, carros); loteria, sorteios; presentes são hipóteses bem pouco prováveis. As nossas conquistas  demandam de trabalho e organização, metas e objetivos.

      Quando você vê uma pessoa conseguir bens com certa facilidade, uma das opções podem ter acontecido: ou tem pais ricos; ou recebeu uma herança; trabalha na casa da moeda; achou dinheiro na rua ou conseguiu de maneira ilícita. Abra os olhos e saia de perto, se não serás acusado de cúmplice.

“Vale mais ter um bom nome do que muitas riquezas; e o ser estimado é melhor do que a riqueza e o ouro.” Pv 22:1  “Prepara de fora a tua obra, e aparelha-a no campo, e então edifica a tua casa.” Pv 24:27

ROMPENDO NAS CONQUISTAS ESPIRITUAIS

         Você nunca estará plenamente realizado se primeiro não agradar a Deus em sua busca. Como diz a Bíblia: “ O que adianta o homem ganhar o mundo inteiro e perder sua alma?” Marcos 8:36

    Nada adiantará se você conquistou muitas posições sociais, bens materiais, se você não priorizou, nessas conquistas, Deus e sua vontade. Rompa nas conquistas seculares, mas primeiramente rompa naquilo que agrada a Deus.

      Regeneração custa um preço (arrependimento e fé).

      A Santidade preço maior ainda, às vezes muitas renúncias e separação daquilo que gostamos.

     Vida de oração intensa. Necessita ser iniciada pouco a pouco. Comece com dez minutos, vá aumentando, aumentando, até ter disciplina e amar a oração.

      Leitura bíblica. Comece lendo um capítulo por dia, não se apresse, se você não entende  muito o que está lendo. Um consolo: até os mestres da palavra de Deus, muitas vezes não entendem o que estão lendo; um dia quem sabe você vai entender.

        Tribulação/Sofrimento. Quando você passar por ela, não esquente. Deus está contigo, lembre-se que ela faz parte do teu aperfeiçoamento e crescimento da fé dentro de ti. RM 5:3 –  E não somente isto, mas também nos gloriamos nas tribulações; sabendo que a tribulação produz a paciência…

      Vejamos também o exemplo de Mandela.  27 anos na prisão, perseguido por querer a igualdade de brancos e negros, o fim do apartheid. Na prisão não deixou a amargura se alojar em sua alma. Venceu o mal com o bem. Morreu como Herói.

     Tentação. Todo crente passou e passará por ela, só os que se apoiam em Deus e dela fogem, se mantém de pé. Você vai ter que vencer esses gigantes. TG 1:2,3 –  Meus irmãos, tende grande gozo quando cairdes em várias tentações;  Sabendo que a prova da vossa fé opera a paciência.

      Rompa com fé todas as oposições, lembrando sempre dos heróis da fé mencionados em Hebreus 11:32-40, que sendo da mesma natureza que você, passaram pelo fogo, suplantaram montes, sofrendo injustiça, acusações terríveis, mas não negaram sua fé. Permaneceram firmes, mesmo em face da morte iminente.

    Igreja grande e avivada. Comece a evangelizar, ganhar alma e consolidar, discipular. Lembre-se: toda a igreja grande começou pequena. É o trabalho de cada um que fará a diferença. Pague o preço, ore, jejue. O avivamento começa por pessoas individuais, pequenos grupos, depois é que se espalha.

     Perez é um exemplo de rompedor, um vencedor na vida. Sua posteridade foi abençoada na terra. Ele faz parte da Genealogia de Jesus. Não é pouca coisa.

      Mas Perez não é melhor que você, que eu. Sua vida passou, deixando marcas de bom sucesso.

     Hoje quem está passando por essa geração sou eu e você. Sejamos, portanto, rompedores, como diz a Bíblia: “Tudo quanto te vier à mão para fazer, fazes conforme as tuas forças, porque na sepultura, para onde tu vais, não há obra nem projeto, nem conhecimento, nem sabedoria alguma.”  Eclesiastes 9.10

     Deus tem bênçãos para você e sua posteridade na terra. Seja um rompedor, vença os obstáculos, supere os oponentes, rompa os limites… você deve querer mais.. você pode muito mais… acredite… Deus acredita em você.

Lembre-se da história mencionada no início: “Se algo lhe acontecer nas corridas da vida, Deus, um Pai amoroso,  intervirá e lhe ajudará a chegar no topo, na faixa final da conquista.”

                                                     Pr Francisco Nascimento

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s