FAMÍLIA, VALE A PENA LUTAR POR ELA


FAMÍLIA, POR ELA VALE A PENA LUTAR

“Quando Davi e seus soldados chegaram a Ziclague, no terceiro dia, os amalequitas tinham atacado o Neguebe e Ziclague, e haviam incendiado a cidade. Levaram como prisioneiros todos os que lá estavam: as mulheres, os jovens e os idosos. A ninguém mataram, mas os levaram consigo, quando prosseguiram seu caminho. Ao chegarem a Ziclague, Davi e seus soldados encontraram a cidade destruída pelo fogo e viram que suas mulheres, filhos e filhas haviam sido levados como prisioneiros. Então Davi e seus soldados choraram em alta voz até não terem mais forças. As duas mulheres de Davi também tinham sido levadas: Ainoã de Jezreel, e Abigail de Carmelo, a que fora mulher de Nabal. Davi ficou profundamente angustiado, pois os homens falavam em apedrejá-lo; todos estavam amargurados por causa de seus filhos e suas filhas. Davi, porém, fortaleceu-se no Senhor seu Deus.”

1 Samuel 30:1-6

 

        Davi depois de entrar em acordo com Aquis, o rei dos filisteus, havia caminhado três dias de viaje, 145 Km até Ziclague, onde se encontrava sua família e a família de todos os 600 guerreiros que faziam parte de seu exército de vencedores. Alegres, entusiasmados por voltarem para suas famílias depois de longos dias de batalhas, não viam a hora de abraçarem seus filhos e suas esposas e compartilhares das bênçãos das conquistas.

       Aproximando-se da cidade, contemplaram um quadro estarrecedor: a cidade estava queimada e seus moradores: mulheres e crianças e alguns poucos homens, foram levados cativos pelos amalequitas, os inimigos de Israel. Todas as suas riquezas, os bens construídos pela família foram roubados,  perderam tudo, nada lhes restava. Perplexos e atordoados pelo triste cenário e toda a gravidade daquele momento, foram tomados de grande abatimento que lhes pesou a alma.

       O que fazer quando os inimigos tiram a paz de nossas casas? O que fazer quando nos é tirado nosso bem mais precioso:  a família, ou a paz familiar, a harmonia entre os entes queridos, a alegria da convivência de um lar?

       O que fazer quando os inimigos tiram nossa riqueza, nossos bens, nossas finanças?

       O que fazer quando os inimigos tomam posse de nossos filhos, mulheres, esposos, e os mantém cativos? Cativos nas drogas, cativos na vida leviana, na prostituição, na rebelião, desobediência, na tristeza, na angústia, na doença?

         O que fazer quando as perdas batem a nossa porta?

TEMPO DE CHORO E DE LAMENTAÇÃO

“Então Davi e seus soldados choraram em alta voz até não terem mais forças.”

         As tragédias, as perdas são muitas vezes, inevitáveis em nossas vidas. As dores provenientes de acontecimentos como esses, que vieram sobre Davi e seus comandados, mostram quão vulneráveis somos, e quão despreparados estamos.

         O choro, a lamentação são escapes e  remédio para que o sofrimento não nos consumam por completo. Como dizia certo escritor: “ O choro, porém, tem certo valor terapêutico. O consolo sempre tem algum valor. Por outra parte, coisa alguma pode aliviar completamente grandes tristezas senão o passar do tempo.”

      Como disse Cícero: “ Não há tristeza que a passagem do tempo não diminua e não abrande.” Ou Como disse Shakespeare: “ Quando as tristezas chegam, não chegam como espiões isolados; chegam como batalhões”.

        É bom chorar, gritar, extravasar os sentimentos que apertam nossa alma. O choro é um sentimento da natureza humana e um escape de morte produzido pelo sentimento de perdas e desilusões. Estou cansado do meu gemido; toda noite faço nadar em lágrimas a minha cama, inundo com elas o meu leito. Os meus olhos estão consumidos pela mágoa, e enfraquecem por causa de todos os meus inimigos. Salmos 6:6-7

        Nesse tempo não se pode deixar a amargura tomar conta da alma, nem a angústia fazer residência. A experiência nos diz que muitas vezes procuramos culpados pelos acontecimentos ruins que passamos e acusamos muitas vezes aqueles que não têm culpa alguma: líderes, pais, esposas, esposos, chefes. Justamente aqueles que são nossos queridos, que batalham conosco, e que nos amam. Davi ficou profundamente angustiado, pois os homens falavam em apedrejá-lo; todos estavam amargurados por causa de seus filhos e suas filhas”. 1 Samuel 30:6

        A luta do homem e da mulher de Deus é eminentemente espiritual, com os poderes espirituais das trevas, é nesta batalha que se deve centralizar o bombardeio. pois não é contra carne e sangue que temos que lutar, mas sim contra os principados, contra as potestades, conta os príncipes do mundo destas trevas, contra as hostes espirituais da iniqüidade nas regiões celestes. Portanto tomai toda a armadura de Deus, para que possais resistir no dia mau e, havendo feito tudo, permanecer firmes.”  Efésios 6:12-13

TEMPO DE PARAR DE CHORAR E SE FORTALECER EM DEUS.

“…Davi, porém, fortaleceu-se no Senhor seu Deus.”

        No livro de Eclesiastes 3:4 diz que; “ Há tempo de chorar, e tempo de rir, tempo de prantear, e tempo de soltar de alegria”. No salmo 30:5 diz:“… Ao anoitecer pode vir o choro, mas a alegria vem pela manhã.”

       Há tempo de chorar e tempo de parar de chorar, a vida não é feita de choro, mas de conquistas e realizações.

        Enxugue as suas lágrimas e se reanime em Deus. Faça como Davi lembre-se que você tem um Deus que lhe dará a vitória frente aos seus inimigos! “Eu te amo, ó Senhor, força minha. O Senhor é a minha rocha, a minha fortaleza e o meu libertador; o meu Deus, o meu rochedo, em quem me refúgio; o meu escudo, a força da minha salvação, e o meu alto refúgio. Salmos 18:1-2; Levante com fé e diga como Salmista em voz alta, : “ Eu creio que verei a bondade do Senhor na terra dos viventes. Espera no Senhor, tem bom ânimo, e fortifique-se o teu coração; espera, pois, pelo Senhor.” Sl 27:13,14

        Davi não se lembrou somente que ele tinha um Deus Todo Poderoso, mas também que ele era sacerdote de Deus! “Então Davi disse ao sacerdote Abiatar, filho de Aimeleque: “Traga-me estola sacerdotal”. Abiatar o trouxe a Davi,” 1 Samuel 30:7

“Vocês, porém, são geração eleita, sacerdócio real, nação santa, povo exclusivo de Deus, para anunciar as grandezas daquele que os chamou das trevas para a sua maravilhosa luz.” 1 Pedro 2:9

 “Um sacerdote é alguém que faz os sacrifícios, realiza os rituais e age como um mediador entre Deus e o homem. Isto significa que ele é responsável por oferecer aquilo para o qual foi divinamente designado por Deus, para executar os diferentes ritos e cerimônias referentes à adoração a Deus, e ser um mediador entre Deus e homem.” A. D.

      O inimigo não quer que você se lembre que você é propriedade de Deus, que és um ministro d’Ele nessa terra, que podes interceder e levar as causas e demandas para que o Senhor atenda.

      Como sacerdote de Deus, temos intimidade com Ele, podemos consultá-lo, sobre qual a melhor decisão a tomar, qual caminho seguir, e quando temos que começar a agir, e se Ele nos dará a vitória. Certamente Ele te responderá. “…e ele perguntou ao Senhor: “Devo perseguir este bando de invasores? Irei alcançá-los? ” E o Senhor respondeu: “Persiga-os; é certo que você os alcançará e conseguirá libertar os prisioneiros”. 1 Samuel 30:8

“Busquei o Senhor, e ele me respondeu; livrou-me de todos os meus temores.” Salmo 34:4; Salmo 40:1-3

TEMPO DE LUTAR E VENCER.

      Para que haja vitória perante àqueles que tentam nos afligir, mantendo cativo aquilo que nos pertence, teremos de agir, obedecer e crer que Deus nos dará a vitória.

     “Então partiu Davi”, significa que ele começou fazer sua parte e agir. Ao que partiu Davi, ele e os seiscentos homens que com ele se achavam, e chegaram ao ribeiro de Besor, onde pararam os que tinham ficado para trás.”1 Samuel 30:9

     Deus nos dará vitória em todas as batalhas, mas nós temos que fazer nossa parte e agir.

     “…Mas Davi ainda os perseguia, com quatrocentos homens.” Davi perseverava mesmo diante dos primeiros obstáculos que apareceram diante de si. Duzentos homens desistiram de cansados que estavam. Quase a metade de seu exército. Mas Davi não tinha colocado sua força em homens, mas nas promessas de vitórias que Deus lhes havia prometido. “…Mas Davi ainda os perseguia, com quatrocentos homens…” 1 Samuel 30:10

“E o Senhor respondeu: “Persiga-os; é certo que você os alcançará e conseguirá libertar os prisioneiros”. 1 Samuel 30:8

       Nas batalhas que enfrentamos Deus proverá estratégias de vitórias, nem que seja vindo do exército dos inimigos. “…Ora, acharam no campo um egípcio, e o trouxeram a Davi; deram-lhe pão a comer, e água a beber;”1 Samuel 30:11

     O inimigo não cederá se não houver batalha, nessa luta não podemos retroceder, nem parar de lutar enquanto a vitória não for decretada. Talvez nossa batalha leve um dia, meses ou anos, mas os inimigos serão derrotados pela perseverança e fé na vitória. “Então Davi os feriu, desde o crepúsculo até a tarde do dia seguinte, e nenhum deles escapou, senão só quatrocentos mancebos que, montados sobre camelos, fugiram.”1 Samuel 30:17

      Nunca paremos de lutar, a derrota de todos os teus inimigos que mantém cativos aqueles que amamos, já está decretada.

TEMPO DE PAZ E DE REPARTIR AS CONQUISTAS.

        Deus nos dará a restituição de tudo. Nada ficará com os amalequitas (inimigos).  Deus nos dará tudo de volta. É tempo de restituição. “Assim recobrou Davi tudo quanto os amalequitas haviam tomado; também libertou as suas duas mulheres. De modo que não lhes faltou coisa alguma, nem pequena nem grande, nem filhos nem filhas, nem qualquer coisa de tudo quanto os amalequitas lhes haviam tomado; tudo Davi tornou a trazer. Davi lhes tomou também todos os seus rebanhos e manadas; e o povo os levava adiante do outro gado, e dizia: Este é o despojo de Davi.” 1 Samuel 30:18-20

      Veja os verbos deste texto: Recobrou Davi Tudo…  Libertou as suas duas mulheres… Tudo Davi tornou a trazer…..Davi lhes tomou também todos os seus rebanhos e manadas…”

       Nas nossas conquistas temos que ter um coração para compartilhar com os amigos de todas as bênçãos recebidas. Davi compartilhou os despojos com os duzentos que haviam ficado para trás. Davi também deu presentes aos anciãos, os líderes de seu povo. E assim mostrou que nas vitórias recebidas temos que ter um coração altruísta, e não egoísta.

      A libertação de qualquer situação adversa em nossas famílias, terão um desenlace vitorioso, quando apesar do sofrimento ou da circunstância contrária, nos colocamos como Davi, na dependência de Deus, recobrando nele as forças e combatendo o inimigo, até que toda a situação tempestuosa, seja convertida em ventos bons e favoráveis a nós e aos nossos amados.

Deus deixou-nos um bem precioso, e esse bem deve ser cultivado e defendido, como conseqüência teremos gerações que, firmadas em Deus, serão legado para outras gerações abençoadas e abençoadoras. Lute por sua família e Deus te dará a vitória!

        

                                 Pr Francisco Nascimento

3 comentários sobre “FAMÍLIA, VALE A PENA LUTAR POR ELA

  1. Glória a Deus!! Belíssima mensagem.
    Eu estava precisando muito de uma reflexão como essa. Deus abençoe!👐👏❤

  2. A Paz do Senhor Pr Francisco Nascimento muito excelente esta passagem escrita me ajudou demais e foi edificante na minha congregação. Deus Abençoe muito sua vida e sua familia amigo.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s