EVANGELISMO PESSOAL


EVANGELISMO PESSOAL

Uma Abordagem Pragmática

“Jesus ia passando por todas as cidades e povoados, ensinando nas sinagogas, pregando as boas novas do Reino e curando todas as enfermidades e doenças. Ao ver as multidões, teve compaixão delas, porque estavam aflitas e desamparadas , como ovelhas sem pastor. Então disse aos seus discípulos: “A colheita é grande, mas os trabalhadores são poucos. Peçam, pois, ao Senhor da colheita que envie trabalhadores para a sua colheita”. (Mt 9:35-38 NVI).

Introdução

Ao olharmos os Evangelhos com atenção descobrimos que Jesus tem uma meta (que seu Evangelho seja pregado), um plano para alcançar todas as pessoas (todo o mundo Mc 16:15) e um propósito (fazer discípulos de todas as etnias Mt 28:19).

Descobrimos que a tarefa primordial da Igreja é a Evangelização. Entendamos, evangelização integral.

Percebemos que Jesus empregou a maior parte de seu ministério nesta atividade. Não é de se admirar, que seja para o crente uma obrigação: “Contudo, quando prego o evangelho, não posso me orgulhar, pois me é imposta a necessidade de pregar. Ai de mim se não pregar o evangelho!” (1Co 9:16 NVI).

Definição

Positivamente: Podemos pensar  evangelismo pessoal  como sendo: um cristão impactando um não-cristão com o Evangelho de Cristo, que não se resume a um credo que pode ser decorado e recitado quando for oportuno, mas algo que vai além, inclui uma prática impactante e convincente de novidade de vida (vivência), anunciando e mostrando que em Cristo há transformação de vidas e valores capazes de produzir e estabelecer o reino de Deus.

Negativamente: Evangelismo Pessoal não é oferecer uma religião. Tão pouco impressionar as pessoas. Uma pessoa  atraída pela eloqüência de outra, facilmente se decepcionará. Também não é se colocar na posição de juiz, muito menos,convencer alguém a freqüentar uma igreja. Muitos pensam que é freqüentando uma igreja que alguém se torna cristão. E nós, é quem somos responsáveis por isso.

Temos envidado esforços e desperdiçado recursos tentando trazer os não-cristãos para dentro de nossos templos para que ouçam o Evangelho, quando a ordem de Jesus é: Ide! A igreja primitiva por quase 300 anos não teve templos, mesmo assim quase evangelizou todo o mundo conhecido da época.

É importante lembrar que nós amamos a Igreja porque somos salvos. Mas, o mundo não-cristão não se sente atraído pela igreja, especialmente o modelo atual.

Onde se encontram os não-cristãos às sextas-feiras e sábados à noite ou aos domingos pela manhã? Provavelmente em muitos e diferentes lugares, menos dentro de nossos templos.

Jesus não espera que eles venham às nossas igrejas, a despeito de nossas programações montadas para atraí-los. Por isso ordena: Ide! (devemos ir onde eles se encontram).

Jesus, e seu Evangelho, quando apresentados corretamente atraem o coração do homem mais do que qualquer outra coisa.

É Jesus quem devemos oferecer. “Ele foi entregue à morte por nossos pecados e ressuscitou para nossa justificação”. (Rm 4:25 NVI).

Proposição

Precisamos romper com as tradições não-apostólicas, quebrar paradigmas e evangelizar de modo eficiente (maior rendimento com o mínimo de desperdício) e eficaz (com segurança). Fazer como faziam os discípulos de Jesus.“Todos os dias, no Templo e de casa em casa, não deixavam de ensinar e proclamar que Jesus é o Cristo”; “Vocês sabem que não deixei de pregar-lhes tudo publicamente e de casa em casa. Testifiquei, tanto a judeus como a gregos, que eles precisam converter-se a Deus com arrependimento e fé em nosso Senhor Jesus” (At 5:42; 20:20-21 NVI).

Temos que fazer do evangelismo a principal tarefa da Igreja. Conseqüentemente a principal ocupação dos crentes. E transformar  nossos eventos em meios de lazer, espaços de convivência, aprendizado e crescimento na fé.

PRIMEIRA PARTE

Como Fazer?

A conquista de almas é mais simples do que imaginamos. As pessoas mais tímidas e humildes da igreja podem ser tão eficazes quanto quaisquer outras na gratificante tarefa de evangelização. A única coisa que contribui para o desânimo é o medo. Medo é a arma que satanás usa para desmotivar o crente de evangelizar. O medo também é fruto da falta de conhecimento e utilização de ferramentas adequadas que permitam uma evangelização eficaz e efetiva.

Desenvolvemos o medo, em  primeiro lugar, porque não estamos seguros no conhecimento e no uso das ferramentas adequadas, e em segundo lugar, porque pensamos que temos que ganhar uma disputa. Quem disputa não ganha alma. Devemos lembrar, antes de tudo, que estamos cooperando com o Espírito Santo na tarefa de ganhar almas através do evangelismo. A tarefa de convencer  o homem do juízo da justiça e do pecado é d’Ele. “Pois Deus não nos deu espírito de covardia, mas de poder, de amor e de equilíbrio” (2Tm 1:7 NVI).

Alguns pré-requisitos são indispensáveis a quem se dispõe para a tarefa de evangelizar:

1) Ser nova-criatura 2Co 5:17

2) Ter um bom testemunho  1Pe 2:11-12

3) Convicção e conhecimento daquilo que crê 1Pe 3:15

4) Vida consagrada e cheia do Espírito (Jo 15:3; 20:22)

5) Compaixão pelos não-cristãos (Mt 9:36)

Apresente o Plano Divino

(O conteúdo do Evangelho)

1. DEUS CRIOU O HOMEM E A MULHER COM PROPÓSITO

“Criou Deus o homem à sua imagem, à imagem de Deus o criou” (Gn 1:27 NVI).

2. O PECADO ARRUINOU A RAÇA HUMANA

“Portanto, da mesma forma como o pecado entrou no mundo por um homem, e pelo pecado a morte, assim também a morte  veio a todos os homens porque todos pecaram”  “pois todos pecaram e estão destituídos da glória de Deus” (Rm 5:12; 3:23 NVI).

3. DEUS, POR SEU AMOR, PROVEU SOLUÇÃO

“Mas Deus demonstra seu amor para nós: Cristo morreu em nosso luga quando ainda éramos pecadores. Como agora fomos justificados por seu sangue, muito mais ainda, por meio dele, seremos salvos da ira de Deus”. “Porque Deus tanto  amou o mundo que deu seu Filho Unigênito, para que todo o que nele crer não pereça, mas tenha a vida eterna.” (Rm 5:8-9 e Jo 3:16 NVI).

4. MAS, DEUS REQUER QUE O HOMEM:

CREIA

“Contudo, aos que o receberam, aos que creram em seu nome, deu-lhes o direito de se tornarem filhos de Deus” (Jo 1:12 NVI). “Sem fé é impossível agradar a Deus, pois quem dele se aproxima precisa crer que ele existe e que recompensa aqueles que o buscam” (Hb 11:6 NVI).

ARREPENDA-SE

“Arrependam-se, pois, e voltem-se para Deus, para que os seus pecados sejam cancelados” (At 3:19 NVI). “Quem esconde os seus pecados não prospera, mas quem os confessa e os abandona encontra misericórdia”. (Pv 28:13 NVI)

CONFESSE

“Se você confessar com a sua boca que Jesus é Senhor e crer em seu coração que Deus  o ressuscitou dentre os mortos,  será salvo” (Rm 10:9 NVI).

PERSEVERE

“Pois passamos a ser participantes de Cristo, desde que, de fato, nos apeguemos até o fim à confiança que tivemos no princípio” (Hb 3:14 NVI).

SEGUNDA PARTE

De Que Maneira? (Usando as Ferramentas)

I. PLANEJAMENTO (PREPARAÇÃO DIÁRIA)

A.     ESPIRITUAL

1. Oração

2. Leitura da Bíblia

3. Consagração

B.     FUNCIONAL

1. Estudo

2. Planejamento da visita (Jo 4:4)

3. Definição e otimização do tempo

4. Cuidado com a aparência (digna do evangelho)

5. Verificação do material a ser utilizado

II. AÇÃO

A. ABORDAGEM

  1. Obtenha um ambiente cordial  (Jo 4:7-8)
  2. Apresentação e Comunicação (vocabulário).
  3. Dê atenção a todos.

B. SONDAGEM

  1. Deixe a pessoa falar, expressar o que pensa. (Jo 4:9)
  2. Mesmo que o contrarie não a interrompa
  3. Anote observações do que ouve
  4. Tente descobrir necessidades espirituais

C. DEMONSTRAÇÃO

  1. Apresente as Boas Novas de Jesus (Jo4:10)
  2. Mostre o plano divino da salvação

D. ESTÍMULO (Jo 4:16)

1. Abra a Bíblia e mostre a passagem citada

    É importante que a pessoa confira nas Escrituras.

    Isto dá segurança.

    2. Não demonstre pressa. Releia se necessário

    3. Peça que comente com suas palavras. Faça-a falar.

    4. Use uma ilustração para ajudar a compreender e fixar.

    E. REFORÇO

    1. Dê informações complementares (Jo 4:17b-18)
    2. Apresente outras passagens (Jo 4:21-24)
    3. Passe para o ponto seguinte

    F. CONTORNO OBJEÇÕES (Jo 4:13-14)

    1. Nunca use palavras como: NÃO, DISCORDO, ERRADO.
    2. Seja gentil. Demonstre que você  a ama
    3. Pergunte se conhece o que a BÍblia ensina sobre…
    4. Peça permissão para mostrar-lhe na Bíblia
    5. Minimize a importância da objeção. Generalize.
    6. Otimize a argumentação

    G. FECHAMENTO COM O APELO E CONVITE

    1. Atente para o momento da decisão (Jo 4:25-26.28)
    2. Ás vezes não é necessário fazer todas as fases
    3. Ore com a pessoa e por ela
    4. Dê-lhe instrução sobre sua nova vida em Cristo.
    5. Convide-a  a reunir-se com a igreja para adorar a Deus.

    III. AMBIENTAÇÃO

    A. INICIE UMA CONVERSA DE MANEIRA NATURAL

    1. Pergunte se tem pensado sobre questões espirituais
    2. Peça sua opinião sobre a maior necessidade espiritual de uma pessoa
    3. Pergunte se conhece o PLANO DIVINO DA SALVAÇÃO
    4. Exponha-o com simplicidade
    5. Pergunte o que pensa sobre a vida eterna
    6. Peça permissão para ler o que a bíblia diz a respeito

    B. APRESENTE CRISTO COMO A SOLUÇÃO DIVINA

    C. FEITA A APRESENTAÇÃO, APELE E FINALIZE

    IV. PRECAUÇÕES

    A. EVITAR DISCUSSÕES

    B. OUVIR (+) FALAR (-).

    C. EVITE AS PALAVRAS: NÃO, DISCORDO E ERRADO.

    D. EVITE ACHISMOS. DIGA: “CREIO”. “A BÍBLIA DIZ”.

    E. EVIDENCIE A AUTORIDADE DA PALAVRA DE DEUS.

    F. CHAME A PESSOA PELO SEU NOME.

    G. EVITE DISTRAÇÕES E NUNCA ALTERE A VOZ.

    H. ADMINISTRE O TEMPO. FALE O INDISPENSÁVEL.

    I. DEMONSTRE INTERESSE E AMOR ENQUANTO FALA.

    J. DÊ SEU TESTEMUNHO. NINGUÉM PODE NEGÁ-LO.

    K. FAÇO O APELO AO PRIMEIRO SINAL VERDE.

    Ednaldo Dias de Medeiros, Pr

    Anúncios

    4 comentários sobre “EVANGELISMO PESSOAL

    1. A visão evangelistica e missionária da igreja do Senhor alcança todos os quadrantes da terra. O mundo inteiro está no plano de Deus para ser salvo, pois Deus não quer que ninguém se perca, mas que todas as pessoas cheguem ao pleno conhecimento da verdade. I Tm 2:3-4

      O Pregador

    2. eu li a bíblia inteira em 2013, um ano lendo, li um monte de pregações, todo dia procuro aprender mais, e cada dia fico mais feliz em saber tudo sobre a palavra de DEUS, de JESUS CRISTO, to aprendendo, mas eu não concordo do jeito que falam para pregar para um não cristão, tentar converter explicando delicadamente a palavra de DEUS, quando vc fala de CRISTO com um não cristão delicadamente, ele vai ti chamar de chato, EU JA FIZ ISTO, na minha ignorância, e também não sei como decidi ler a bíblia, UUAAOOOO, como foi bom, passo todo o meu tempo ocioso, lendo e aprendendo, cada dia fico mais maravilhado com que aprendo, sei que tenho que aprender muito, também muitos anos de ignorância,
      MAS eu acho que pra falar de Deus de Jesus Cristo, temos que falar com mais energia, (TIPO ASSIM, o cara e melhor vc da uma olhada nisso que estou ti passado, e ve se, se converta rápido pq JESUS CRISTO esta voltando, mas não do jeito que ele foi, voltando cheio de poder), na xinxa, na cara dura, são seres humanos que Deus quer que escute a palavra dele, Essa ralezada não houve ninguém falando de Deus, não adianta ser delicado, São poucos os que tem educação pra ouvir e prestar atenção naquele que vai ate sua casa de manha quando vc acorda e esta de cueca em casa pra ouvir falar de Deus,,,,,Desculpa ai eu sei oq estou falando, não sei ainda, ainda , tudo sobre o evangelho, mas desse povão entendo muito bem, tem que ser marra, eles não sabe oq é bom, eles so aprendem se for ali no laço, Fica a dica de um cara que queria que a BIBLIA fosse igual a constituição de cada pais, todo mundo tem que aprender assim que começa a ler, independente de religião,……Se você é obrigado a seguir as leis do homem, porque a do CRIADOR não, ..não entendo

      1. as pessoas estão cegas e surdas satanás tem usado de varias artimanhas para que as pessoas não se convertam a cristo, não podemos obrigar as pessoas a seguir mas precisamos mostrar o nosso interesse pelas almas que estamos dispostos a ajudar. e isso tem que ser feito com amor.

    Deixe um comentário

    Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

    Logotipo do WordPress.com

    Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

    Imagem do Twitter

    Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

    Foto do Facebook

    Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

    Foto do Google+

    Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

    Conectando a %s