MISSÃO URBANA DA IGREJA


A MISSAO URBANA DA IGREJA

“Assim diz o SENHOR dos Exércitos, o Deus de Israel, a todos os do cativeiro, os quais fiz transportar de Jerusalém para Babilônia: Edificai casas e habitai-as; e plantai jardins, e comei o seu fruto. Tomai mulheres e gerai filhos e filhas, e tomai mulheres para vossos filhos, e dai vossas filhas a maridos, para que tenham filhos e filhas; e multiplicai-vos ali, e não vos diminuais. E procurai a paz da cidade, para onde vos fiz transportar em cativeiro, e orai por ela ao SENHOR; porque na sua paz vós tereis paz. Jeremias 29:4-7

Somos chamados por Deus a vivermos a realidade presente, e agir de forma produtiva, dentro dessa realidade, colaborando para o bem comum e  fazendo com que o projeto divino seja firmado de maneira eficiente na estrutura das   sociedades.

A oração de Jesus: “ Eu lhes tenho dado a tua palavra, e o mundo os odiou, porque eles não são do mundo os odiou, porque eles não são do mundo como também eu não sou, não peço que os tire do mundo; e sim, que os guardes do mal. Eles não são do mundo como também eu não sou. Santifica-vos é a verdade. Assim como tu me enviaste ao mundo também eu os enviei ao mundo João 17:14-18.

Nós fazemos parte da história da humanidade. A nossa história  não pode está dissociada da história desse mundo, no qual somos inseridos como  elementos de transformação com os quais  Deus conta para dar a tônica  diferenciadora de padrões de conduta aprovados, santos e eternos, que façam oposição  às estruturas malignas difundidas pelo príncipe deste mundo.

Nesta narrativa que acabamos de ler, no texto chave, Jeremias fala do povo de Israel sendo levado por Nabucodonosor à Babilônia.

O povo havia perdido a guerra e por isso havia sido deportado para Babilônia; longe de sua pátria, em terra estranha, o povo sempre pensava em Jerusalém.  Existia no coração dos deportados o desejo ascendente de retorno à pátria o que causava uma inabilidade para que participassem ativamente da  vida social na nação do cativeiro.

Eles não participavam na transformação da Babilônia, porque pensavam que logo iriam voltar para Jerusalém.

Deus, que conhece os corações, usa profeta Jeremias, que envia uma carta aos Judeus do cativeiro, advertindo-os para se comprometerem com a realidade que estavam vivendo na Babilônia.

PARTICIPAÇÃO NA VIDA SOCIAL DA CIDADE

‘Edificai casas, plantai pomares, tomai esposas..’

Deus  nos adverte para que participemos da vida social de nossa cidade. Nós fazemos parte da história, das  mudanças e transformações do lugar que Ele nos deu para habitarmos

Os problemas, os anseios e desejos do povo da minha cidade, também são  os meus anseios e desejos.

Eu não posso está insensível, alienado às necessidades do meu próximo.

Fomos transformados pelo grande amor de Jesus. Sabemos que a maior parte dos moradores de nossa cidade precisam ser transformados por Deus, para terem a alegria e a esperança que nós já usufruímos  em Cristo.

Eu preciso entender e ser mais atuante em professar Jesus na prática de uma vida social  melhor.

O meu olhar, está em Jerusalém ( céu ), mas também  está no meu próximo que está necessitado de  consolo, palavra amiga, amizade, ou até mesmo de ajuda material. I João 2:

PROCURANDO A PAZ DA CIDADE

“E procurai à paz da cidade, para onde vos fiz transportar em cativeiro, e orai por ela ao SENHOR; porque na sua paz vós tereis paz.” Jr 29:7

Uma ação transformadora.  ‘E procurai a paz da cidade”

Só podemos dar aquilo que temos. Quem tem amor, dá amor, quem tem alegria, dá alegria, quem tem paz, dá a paz.

O Deus da paz que faz parte de nossas vidas precisa ser compartilhado com aqueles que não têm paz, que vivem em desarmonia, em guerras e contendas.

Nós temos a paz de Deus que excede todo o entendimento; portanto compartilhemos com os que não têm.

Qualquer participação na vida da sociedade, no trabalho, na  família, no lazer, com amigos, com a vizinhança, no bairro, deve ficar notório que ali está uma pessoa de paz  e que também promove a paz.

Procure a paz da sua cidade. Lembre-se: a paz que você carrega que vem de Cristo, pode transformar vidas, onde quer que você esteja.

Uma oração transformadora.Orai por ela ao Senhor, “ porque na sua paz vós tereis paz.’

A oração é chave das vitórias espirituais.

Nós servimos a um Deus poderoso, que destrona todas as oposições do mal contra nós e contra a vida social de nossa cidade.

Oração é uma demonstração de fé, confiança e dependência ao Deus todo Poderoso.

“ Elevo os meus olhos para os montes de onde virá o meu socorro? O meu socorro vem do Senhor, que fez os céus e a terra” SL 121:1,2

Por quem se deve orar?

Pelas autoridades civis, religiosas, para que tenhamos tempo de paz.  Pelas famílias. Pelos problemas e dificuldades. Pelos inimigos e perseguidores. Pelo nosso bairro, cidade, país. Para soluções de dúvidas e incertezas.

Muitas vezes nós percebemos quanto é valiosa a nossa oração, e como Deus responde, pois sabemos que Deus sempre ouve a oração dos seus servos.

“ Orai sem cessar” I Ts 5:17  “ Orai e vigiai, o espírito esta pronto mais a carne é fraca”  Mateus 26:41“ Então me invocareis, passareis a orar a mim, e eu vos ouvirei. Buscar-me-eis, e me achareis, quando me buscardes de todo o vosso coração.” Jeremias 29:13-

“Se meu povo, que se chama pelo meu nome se humilhar, orar e me buscar, e se converter dos seus maus caminhos, então eu vos ouvirei dos céus, perdoarei os seus pecados e sararei a sua terra.” II Crônicas 7:14

Seja qual for a sua participação na vida social no seu bairro, na  cidade que você vive, por menor que pareça, será uma grande ação.

A cidade precisa da ação dos cristãos de uma forma mais ostensiva, evidente, marcante, comprometedora.

Nossa cidade precisa de oração para que haja transformações substanciais.

A nossa luta é contra as forças espirituais do mal.

O poder da nossa oração irá transformar o nosso bairro, nossa cidade, e nossa cidade.

Você foi colocado por Deus, nesta sua cidade, neste bairro para transformá-lo, com seu testemunho eficaz, sua ação participadora e sua oração que move o poder e a proteção d’Aquele que tudo faz para que possamos desfrutar de uma vida abundantemente abençoada.

Pr Francisco Nascimento

Anúncios

Um comentário sobre “MISSÃO URBANA DA IGREJA

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s