A LUZ DO MUNDO


A LUZ DO MUNDO

luz do mundo

“… Porém Abisai, filho de Zeruia, socorreu-o, feriu  o filisteu e o matou; então os homens de Davi lhe Juraram, dizendo: Nunca mais sairás conosco à peleja, para que não apagues a lâmpada de Israel.”

II Sm 21:17

O rei Davi foi um herói de guerra, venceu muitos gigantes e muitos foram subjugados por ele e seu exército.

Poucas vezes soube o que era derrota. Deixou um legado, um nome que até hoje é lembrado em Israel depois de quase três mil anos.

Fez muitos discípulos guerreiros que davam a vida pelo seu rei.

Neste texto em que mostra Davi velho indo para guerra, havia uma preocupação de seus discípulos para ele não mais saísse ao campo de batalha afim de que não fosse morto e assim se apagasse a lâmpada de Israel”.

Davi era reconhecido como “lâmpada de Israel”, ou seja, aquele que iluminava uma nação, o referencial, o modelo, a luz no meio das trevas.

Nem sempre foi assim com Davi, um dia ele estava cuidando das ovelhas no campo, quando ouviu a voz de um de seus irmãos lhe chamar: “Davi vem depressa pois o profeta Samuel que te conhecer, vem logo”.

Davi, o pastor de algumas ovelhas de seu pai, foi “ungido” por Deus para ser o rei de uma nação.

A bíblia diz que quando o profeta Samuel o ungiu, o Espírito Santo tomou posse dele e ele passou a ser outro homem. I Sm 16:12,13

Naquela época e em todo o Velho Testamento somente os reis, sacerdotes e profetas eram revestidos com o Espírito Santo.

Davi tinha essa tríplice unção: Rei, sacerdote e profeta.

Quando o povo de Israel olhava para Davi via nele a glória de Deus; a luz de Deus estava permanentemente em seu rosto; suas palavras eram tidas como palavras divinas.

Eis a razão porque os seus soldados temia tanto perder Davi , porque era como perder a presença de Deus, portanto, uma grande perda. …“Nunca mais sairás conosco à peleja, para que não apagues a lâmpada de Israel”.

LÂMPADA E SEU SIGNIFICADO METAFÓRICO

Lâmpada no A. T. sempre significava luz; chama, tocha, candeeiro por diversas vezes e de várias formas ele vem significar cousas semelhantes tanto no hebraico e no grego.

O candeeiro no Tabernáculo  e do templo tinha uma base e uma haste principal. Dessa haste procediam seis extensões, e o alto da haste era munido de uma lâmpada, que ficava no meio das demais, dispostas em redor dela. Portanto, esse candeeiro contava com sete lâmpadas. Essas sete lâmpadas representavam a perfeita luz de Deus, iluminação espiritual. Ex 25:31ss; I Rs 7:49; Ap 1: 12,13,20

A luz natural era excluída do interior do tabernáculo, pelo que o candeeiro servia de principal frente luminosa, tipificando a luz divina que é conferida aos homens. I Cor 2:14,15 Precisamos da iluminação espiritual para entendermos a mensagem divina.

O candeeiro de ouro, dentro do novo testamento representa Cristo e sua igreja, por meio de quem a plenitude do Espírito Santo manifesta-se a todos. Ap 1:12,13,20

As lâmpadas na antiguidade para os orientais tinham a mesma utilidade da eletricidade de hoje. Eles não dormiam as escuras.

Existem toda uma simbologia referente à lâmpada e luz no A. T. que se ver a seguir:

A presença da lâmpada simbolizava vida, alegria e paz.

“ Porque fazes resplandecer a minha lâmpada; o Senhor, meu Deus, derrama luz nas minhas trevas.” Sl 18:28

O apagar de uma lâmpada era um acontecimento cuidadosamente evitado. Pois indicava melancolia e desolação. II Sm 21:17: Jó 18:5,6

“ Na verdade, a luz dos perversos se apagará, e para seu fogo não resplandecerá a faísca; a luz se escurecerá nas suas tendas, e a sua lâmpada sobre ele se apagará…” Jó 18:5,6

O pavio de um homem ímpio apaga-se porque lhe falta a vida de Deus.

“ A quem amaldiçoa a seu pai ou a sua mãe, apagar-se-lhe-á a lâmpada nas mais densas trevas.” Pv 20:20

Uma lâmpada simboliza a Palavra de Deus.

“Lâmpada para os meus pés é tua palavra, e luz para os meus caminhos.” Sl 119:105

“ Porque o mandamento é lâmpada e a instrução luz, e as repreensões da disciplina são o caminho da vida” Pv 6:23

Simboliza o espírito no homem.

“ O espírito do homem é a lâmpada do Senhor, a qual esquadrinha todo o mais íntimo do corpo.” Pv 20:27

O azeite o combustível da lâmpada representa o Espírito Santo necessário para que tenhamos uma autêntica espiritualidade. Mt 25:1ss

JESUS A LUZ DO MUNDO

Cristo significa: “Ungido”, O que tem a plenitude de Deus.

O que vive no meio dos sete candeeiros nos céus. Sendo Ele a luz principal.

“Voltei-me para ver quem falava comigo e, voltado, vi sete candeeiros de ouro, e, no meio dos candeeiros, um semelhante a filho de homem, com vestes talares, e cingido à altura do peito com uma cinta de ouro.” Ap 1:12,13

“… Quanto ao mistério das sete estrelas que viste na minha mão direta, e os sete candeeiros de ouro, as sete estrelas são os anjos das sete igrejas, e os sete candeeiros são as sete igrejas.”Ap 1:20

Jesus veio trazer luz para os que se encontravam em trevas. Is 9: 1,2

A luz que ilumina todos os homens foi rejeitada por muitos. “…Mas a todos os que o receberam deu-lhes o poder de serem feitos filho de Deus.” Jo 1:12;6-14;3:19-21

O próprio Jesus se declarou a luz do mundo.

“De novo lhe falava Jesus, dizendo: Eu sou a luz do mundo; quem me segue não andará em trevas, pelo contrário, terá a luz da vida.”Jo 8:12

Portanto, só temos a luz de Deus quando temos Jesus no coração.  Jo 14:23,24

Luz é vida, quem não tem a luz não tem a vida.

“ Aquele que tem o Filho tem a vida; aquele que não tem o Filho de Deus não tem a vida.” I Jo 5:12

AS LÂMPADAS DE DEUS NO MUNDO

Quando ouvimos a palavra de Deus e cremos em Jesus como Salvador somos ungidos (selados) pelo Espírito Santo da promessa.

“Em quem  também vós, depois que ouvistes a palavra da  verdade o evangelho da vossa salvação, tendo nele também crido, fostes selados  com o Espírito Santo da promessa; o qual é o penhor da nossa herança até ao resgate da sua propriedade, em louvor da sua glória.” Ef 1:13,14

A “Unção”  (Espírito Santo) de Deus está em nós, e ela nos ensina a respeito de tudo. I Jo 2:20,27

“ E  vós possuis  unção que vem do Santo, e todos tendes conhecimento… Quanto a vós outros, a unção que dele recebestes permanece em vós, e não tendes necessidade de que alguém vos ensine; mas, como a sua unção vos ensina a respeito de todas as cousas, e é verdadeira, e não é falsa, permanecei nele, como também ela vos ensinou.” I Jo 2:20;27

Vasos de barros cheios da glória, da luz de Deus, do fogo do Todo-Poderoso. (Gideão e o vaso cheio do fogo) . Jz 7:16-19

Não é o vaso quebrado que confunde os inimigos, mas o fogo dentro dele que os cegam e os destroem.

O que derrotou o rei Saul foi quando o Espírito Santo se afastou dele e entrou um espírito maligno.

As derrotas de Sansão foram quando pecou contra o Senhor, perdendo  assim a  força que vinha do Espírito Santo de Deus.

Sabendo disso, é que o rei Davi quando pecou, orou a Deus para que não afastasse dele o Santo Espírito, porque certamente seria facilmente derrotado. Sl 51:11 “Não me repulses de tua presença, não me retires de teu Santo Espírito…”

Somos templo do Espírito Santo. (Como no Tabernáculo continha o candeeiro de sete hastes aceso dia e noite, assim é o Santo Espírito em nós) I Cor 3:16; 6:19,20

Somos modelos, exemplos, paradigmas para um mundo que se encontra em trevas e desorientado. Mt 5:14-16; I Jo 2:9,10

“Vós sois a luz do mundo. Não se pode esconder a cidade edificada sobre um monte; nem se acende uma candeia para colocá-la debaixo do alqueire, mas no velador, e alumia a todos que se encontram na casa. Assim brilhe também a vossa luz diante dos homens, para que vejam as vossas obras e glorifiquem a vosso Pai que está nos céus.” MT 5:14-16

“ Aquele que diz está na luz e odeia seu irmão, até agora está nas trevas. Aquele que ama seu irmão, permanece na luz e nele não há nenhum tropeço. Aquele porém, que odeia a seu irmão, está nas trevas, e não sabe para onde vai, porque as trevas lhe cegaram os olhos.” I Jo 2: 9-11

Devemos andar na luz, e praticar as obras de luz e não de trevas (pecados).

“Pois outrora éreis trevas, porém agora sois luz no Senhor; andai como filhos da luz (porque o fruto da luz consiste em toda a bondade, e justiça, e verdade), provando sempre o que é agradável a Senhor. E não sejais cúmplices das obras infrutíferas das trevas; antes, porém, reprovai-as. Porque o que eles fazem em oculto, o só referir é vergonha. Mas todas as todas cousas, quando reprovadas pela luz, se tornam manifestas; porque tudo que se manifesta é luz. Pelo que diz: Desperta, ó tu que dormes, levanta de entre os mortos, e Cristo te iluminará.” Ef 5:8-14

Somos filhos da luz, nossa herança genética vem de Deus, o que anda em  trevas vem do diabo. É por isso que muitos não suportam a luz, porque são argüidos (consciência) em suas faltas e pecados.  João 3: 19-21

“Mas, vós, irmãos, não estais em trevas, para que esse dia como ladrão vos apanhe de supressa; porquanto vós todos sois filhos da luz, e filhos do dia; nós não somos da noite, e nem das trevas. Assim, pois, não durmamos como os demais; pelo contrário, vigiemos e sejamos sóbrios. Ora, os que dormem, dormem de noite, e os que se embriagam é de noite que se embriagam. Nós, porém, que somos do dia, sejamos sóbrios, revestindo-nos da couraça da fé e do amor, e tomando como capacete à esperança da salvação; porque Deus não nos destinou para a ira, mas para alcançar a salvação mediante Jesus Cristo.” I Ts 5:4-9

Assim como disse o rei Davi a Deus em oração, nós também devemos a cada dia orar a Ele com convicção: “ Porque fazes resplandecer a minha lâmpada; o Senhor, meu Deus, derrama luz nas minhas trevas.” Sl 18:28

A advertência de Jesus  é não deixar que a chama do Espírito Santo se apague em nós: “ Cingidos estejam os vossos corpos e acesas as vossas candeias.”Lc 12:35

No dia de pentecostes existiam 120 lâmpadas em busca de luz através da oração e consagração. O Senhor enviou línguas de fogo que incendiou  os corações presentes e todos ficaram cheios do Espírito e o poder de Deus tomou posse deles.

O mundo não foi mais o mesmo depois daqueles dias. At 2:1-4

A chama de Deus tem brilhado na vida daqueles que o buscam com sinceridade. “ Vós sois luz do mundo…”

Nunca mais sairás conosco à peleja, para que não apagues a lâmpada de Israel”.

O rei Davi o ungido representava para Israel a luz de Deus, a glória do Todo-Poderoso. E esse resplendor não poderia morrer.

Por amor a Davi, Deus prometeu que sua luz continuaria em seus descendentes.

“ … E a seu filho darei uma tribo; para que Davi, meu servo, tenha sempre uma lâmpada diante de mim  em Jerusalém, a cidade que escolhi para pôr ali o meu nome.” I Rs 11:36

“ Porém, o Senhor não quis destruir Judá por amor de Davi, seu servo, segundo a promessa que lhe havia feito de lhe dar a ele sempre uma lâmpada e a seus filhos.” II Rs 8:19

Jesus é a luz do mundo, que brilha em meio às trevas.

Nós somos a luz do mundo, a luz de Cristo, nossas lâmpadas precisam está sempre cheia do óleo do Santo Espírito.

Quando falta óleo do Espírito a lâmpada se apaga e para nada serve.

As trevas só desaparecerão se mais luzes forem acesas no mundo. E a nós é dado esse combustível que é o Espírito Santo. “Ide…”

“… A qual em suas épocas determinadas, há de ser revelada pelo bendito e único Soberano, o Rei dos reis e Senhor dos senhores; o único que possui imortalidade, que habita em luz inacessível, a quem homem algum jamais viu, nem é capaz de ver. A ele a honra e poder eterno. Amém.” I Tm 6:15,16


Pr Francisco Nascimento

3 comentários sobre “A LUZ DO MUNDO

  1. amados lí a pregação do pr Francisco Nacimento sobre a luz do mundo, e fiquei facinado, JESUS A LUZ DO MUNDO .esta leitura foide suma emportancia para mim,para minha edficação.obrigado amados irmãos que á páz do senhor esteja sobre todos,amem!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s