A Voz que clama no Deserto


A Voz que clama no Deserto

”E este é o testemunho de João, quando os judeus mandaram de Jerusalém sacerdotes e levitas para que lhe perguntassem;Quem és tu? E confessou e não negou; confessou: Eu não sou o Cristo. E lhe perguntaram: Quem és pois? És tu Elias? Ele disse: Não sou. És tu o profeta? Respondeu: Não.Disseram-lhe, pois: declara-nos quem és para que demos resposta àqueles que nos enviaram; que dizes a respeito de ti  mesmo? Então ele respondeu: Eu sou a voz do que clama no deserto:Endireitai o caminho do Senhor, como disse o profeta Isaías.(João 1:19-23)

Um dos recursos mais usados para a divulgação de produtos, serviços e eventos é a propaganda. O marketing é o principal elemento para a boa aceitação entre o público. Antes mesmo de o produto ser lançado, já  se pode ter ciência de sua estrutura, utilidade e meios de adquiri-lo

Deus, nosso Pai, planejou um evento de alta magnitude: O envio de seu Filho ao mundo com o objetivo de resgatar  a humanidade das mãos de satanás e prover-lhe  reconciliação, pois o pecado separou o homem de Deus.

Esse projeto precisava ser conhecido e Deus, no decorrer das gerações, usou vários profetas que divulgaram  a vinda do Filho de Deus encarnado:Isaías, Miquéias, Joel, Malaquias, Davi (em alguns dos Salmos)  propagaram o nascimento, o caráter, a missão, o sofrimento e a vitória de Jesus.

Contudo, entre o Antigo e o Novo testamentos aconteceram 400 anos de silêncio, onde Deus interrompe sua comunicação com os homens.

Muito tempo havia se passado e poucos israelitas conservavam o conhecimento da salvação prometida.

Após a dominação romana, Israel passou, novamente, a cultivar a promessa de libertação, embora pensasse mais na Redenção de Jerusalém( esperavam o libertador político, mas Deus envia um libertador espiritual e traria ao homem libertação interior)

Então, no tempo perfeito que Deus escolhera, dá-se a encarnação do Filho de Deus através de Maria. Um ato sobrenatural do Espírito Santo.

Seis meses antes  de Maria ter  sido visitada pelo anjo Gabriel, outra família também recebeu o milagre da concepção, pois a mulher era estéril. Uma família de sacerdotes, da tribo de Levi, foi abençoada. Zacarias e Isabel, já avançados em idade, foram escolhidos para serem pais daquele que seria o propagandista principal do ministério terreno de Jesus. Seria a voz que iria adiante dEle e lhe prepararia o caminho.

João seria o nome do menino, que significa “Deus dá graça”ou “O Senhor é gracioso”

Em Lucas 1:15, está escrito sobre ele:

  • …seria grande diante do Senhor;
  • …seria cheio do Espírito Santo, desde o ventre materno;
  • …prepararia ao Senhor, um povo bem disposto.

Ainda em sua vida intra-uterina, pode saltar de alegria ao ouvir a voz de Maria ( mãe de Jesus). Sua mãe, Isabel, ficou cheia do Espírito Santo, e a criança saltou de alegria por estar na presença de seu Senhor.

Seu pai, Zacarias, proclama sobre ele(Lc 1: 76-79)

  • …seria chamado profeta do altíssimo e iria adiante do Senhor e lhe prepararia os caminhos;
  • …daria ao povo conhecimento da salvação, na remissão dos pecados.

E no v.80 de Lucas 1, somos informados que o menino, João, crescia e se robustecia no Espírito. Esteve nos desertos até o dia em que havia de mostrar-se a Israel.

Quando João começou seu ministério no vale do Jordão, por volta dos seus trinta anos, causou um grande impacto por sua figura exterior ( usava roupas de pêlo de camelo e cinto de couro, não bebia vinho  e comia  gafanhotos com mel silvestre) e por sua palavra agressiva e contundente. A mensagem tinha um tom de julgamento e chamada ao arrependimento. Por certo causou uma profunda impressão aos que o ouviam. Sua aparência e palavra lembravam os profetas do Antigo Testamento, especialmente, o profeta Elias.

Era apenas uma voz que clamava no deserto, apontando o caminho para alguém maior que Ele. Não era digno nem de desatar-lhe as sandálias.

Quando perguntado acerca de quem ele era, não ousou engrandecer-se. Disse apenas que falava sobre aquele que viria após ele.

João foi um padrão divino de grandeza. Inteiramente separado e treinado para a missão de indicar   ao homem a necessidade de arrependimento, pois a hora da grande visitação era chegada .

Firmeza, coragem, consagração, desejo de justiça, perfeita testemunha.

Creio que seu maior ministério foi o de testemunha. A plenitude contínua do Espírito Santo capacitou-o a abençoar a muitas pessoas, crescendo o número  de discípulos  preparados para receber o Messias.

João batizava com água, simbolizando a lavagem dos pecados renunciados. Somente Jesus, batizaria com o Espírito Santo e com fogo, teria autoridade para perdoar pecados  e desencadear o processo de purificação e a filiação adotiva de Deus. (Mt 3:11). João despertou a nação judaica da sonolência, e os deixou alertas para o tempo do cumprimento da promessa de Deus, na vida do povo hebreu: O Messias viria para libertar Israel.

João  deu sua própria vida em prol da verdade, da moral e da ética cristã.

Observando o Ministério de João Batista podemos perceber uma ampla relação do mesmo, com o ministério da Igreja:

1-João preparou o caminho do Senhor em sua primeira vinda/ A igreja indica o caminho do Senhor em sua  segunda vinda;

2- João era cheio do Espírito Santo desde o ventre de sua mãe/ A igreja foi gerada com uma visitação sobrenatural do Espírito Santo (por ocasião do Pentecostes,  a igreja foi cheia  cheia do poder, da força, da autoridade e da capacitação do Espírito Santo . Atos 2:1-4 ). Ser cheio do Espírito Santo é ter uma vida vivida continuamente sob o controle de Deus;

3- João foi a voz que clamou para que o povo se arrependesse/ A igreja é a voz profética de hoje, que conduz as almas ao arrependimento e à conversão.

4- João testemunhou de Cristo, como Messias e também de sua obra redentora/ A igreja é a testemunha de Cristo em sua plenitude ( amor e obras);

5- João foi separado e preparado pelo Espírito para exercer seu ministério/  O Espírito tem preparado a igreja para desempenhar seu ministério aqui na terra;

6- João foi o fiel ministro que repreendeu o pecado, mas atraía os pecadores para uma mudança de vida/ A igreja é separada para rejeitar o pecado e atrair os pecadores para uma vida nova em Cristo Jesus.

7- João precisou ter certeza de que Jesus era o Messias / A Igreja precisa ter certeza, pela fé, que serve ao Deus único e verdadeiro.( Lc 18:23);

Jesus declarou acerca de João: “…entre os nascidos de mulher, ninguém é maior que  João. ( Lc 3:28)

Hoje, é a Igreja a Voz que deve clamar no deserto, indicando o caminho reto do Senhor;

É a luz que deve brilhar nas trevas;

A unção que  vive da vida abundante da cura e da libertação;

O sal que dá o bom gosto;

As boas obras que devem ser testificadas;

O abrigo que  acolhe o cansado;

A mão e a voz abençoadoras;

A doação que supre o necessitado;

O amor que se oferece desinteressado;

O rio que flui águas vivas;

A força unida que caminha até o  final

O desejo ardente do Maranatha…

Levante, pois lá fora, no deserto da vida, pode ter alguém que precise da sua voz,  para saber que só Jesus tem o impossível a oferecer.

Miss. Helena Paladino

About these ads

10 comentários sobre “A Voz que clama no Deserto

  1. Quando busquei informalmente na internet a resposta para a minha pergunta: quem é que clama no deserto? ja que João era apenas a voz, não esperava uma resposta tão racional e esclarecedora, quando a missionária revela que é a igreja esta segunda pessoa do texto sagrado. A Igreja realmente clama neste imenso deserto espiritual,e sabendo disso não devemos temer expôr a nossa cabeça.

  2. Cotia 21de julho de 2012 enviado por eliane pateis A paz do senhor! Irma gostei muito mensagem da biblia eu nao conhecia

  3. Que Deus em Cristo Jesus continue te abençoando e prosperando em seu ministério. Graça e paz da parte Deus nosso pai em Cristo Jesus, nosso Senhor e salvador.

  4. ESTAMOS PRECISANDO DE PROFETA TIPO DE JOÃO BATISTA, PROFETA QUE FALA A VERDADE DOI EM QUEM DOER, IMPORTA E FALA A VERDADE PARA ESTE SISTEMA RELIGIOSO GOSPEL QUE ANDA RODANDO DIZENDO QUE E EVANGELHO QUE SO PENSA E DINHEIRO PROSPERIDADE E CENTRO QUE O ARREPENDIMENTO DE ESPÍRITO ALMA E CORPO NÃO ACONTECE O POVO VIVEM ATRÁS DE MILAGRES SEM COMPROMISSO COM A VERDADE DA PALAVRA DE DEUS, E SATISFAZER EGOS DE PASTORES CONFERENCISTA ARTISTAS GOSPEL DENTRO DE GRANDES TEMPLOS E CATEDRAIS AS GRANDES TORRES DE BABEL E TEMPLOS BABILÔNICOS ANDE O POVÃO VAN PARA OS SEUS DESFILES DE MODA PASTORES COM LENCINHO NO BOUÇO DO PALITOR PARECENDO UM TRANSVIADO ANDANDO DE UM LADO PARA O OUTRO SE PASTORAS DIZENDO QUE PROFETA FALANDO HISTORINHA DE CAPUCHINHO COM BESTERAL DANADO NOS SUE DISCIONARIO DOS SEUS ACHOMENTROS FAZENDO OS IRMOS COMO SE FOSSE UM BANDO DE PAPAGAIO MANDANDO REPETIR COISA SE FUNDAMENTO .

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s