ENFRENTANDO OS INIMIGOS


ENFRENTANDO OS INIMIGOS

“Depois disto, os filhos de Moabe e os filhos de Amom, com alguns dos amonitas, vieram à peleja contra Josafá. Então, vieram alguns que avisaram a Josafá, dizendo: Grande multidão vem contra ti dalém do mar e da Síria; eis que já estão em Hazazom-Tamar, que é En-Gedi. Então, Josafá teve medo e se pôs a buscar ao SENHOR; e apregoou jejum em todo o Judá. Judá se congregou para pedir socorro ao SENHOR; também de todas as cidades de Judá veio gente para buscar ao SENHOR.”

II Crônicas 20:1-4

O que fazer frente as grandes lutas? O que fazer quando os inimigos são numerosos e teimam em lutar contra nós? O que fazer quando os problemas nos afligem ao ponto de sucumbir nossa alma, desfalecendo nossas forças? O que fazer quando a derrota parece iminente?

São  diversas reações que muitos têm nas lutas, diante de perturbações internas e internas:

Alguns optam por fugir (fuga); negar; racionalizar; beber; drogar-se; perverter-se; prostituir-se; pirar. Ter medo (pavor). Culpar-se; maximizar o inimigo; culpar os outros.

Vamos aprender com o rei Josafá, alguns princípios e procedimentos que devemos tomar em tempos de grandes lutas e batalhas, que querem nos fazer sucumbir e nos derrotar.

PRINCÍPIOS  QUE PRECEDE UMA GRANDE VITÓRIA

O QUE FEZ JOSAFÁ:

1- Buscou ao Senhor. Vs 3,4 “Então, Josafá teve medo e se pôs a buscar ao SENHOR; e apregoou jejum em todo o Judá. Judá se congregou para pedir socorro ao SENHOR; também de todas as cidades de Judá veio gente para buscar ao SENHOR.” JER. 29:13-14

2-  Apregoou um santo jejum. Vs 3 Joel 2:15 (ilustr. Ester),

3- Foi ao templo para pedir socorro ao Senhor. Vs 5 Pôs-se Josafá em pé, na congregação de Judá e de Jerusalém, na Casa do SENHOR, diante do pátio novo,” Hb. 10:25

4- Clamou ao Senhor. Vs 6a “…e disse: Ah! SENHOR, Deus de nossos pais, porventura, não és tu Deus nos céus? Não és tu que dominas sobre todos os reinos dos povos? Na tua mão, está a força e o poder, e não há quem te possa resistir.” ( Sl. 50:15); invoca-me.

- Reconhecimento do poder de Deus. Vs. 6b Não és tu que dominas sobre todos os reinos dos povos? Na tua mão, está a força e o poder, e não há quem te possa resistir.”

- Reconhecer que somos dele. ( posteridade de Abraão) Filhos de Deus. Lc.11:11. Vs. 7 Porventura, ó nosso Deus, não lançaste fora os moradores desta terra de diante do teu povo de Israel e não a deste para sempre à posteridade de Abraão, teu amigo?”

- Reconhecer nossas fraquezas; necessidades; tristezas; angústia; tribulações; medos.

- Reconhecer a força de nossos inimigos, e não o subestimou Vs. 10,11 Agora, pois, eis que os filhos de Amom e de Moabe e os do monte Seir, cujas terras não permitiste a Israel invadir, quando vinham da terra do Egito, mas deles se desviaram e não os destruíram, eis que nos dão o pago, vindo para lançar-nos fora da tua possessão, que nos deste em herança.”

-  Reconhecer fundamentalmente que não temos forças para lutar contra nossos inimigos; pois nossa confiança e esperança, e nossos olhos estão fitos em Deus. Ah! Nosso Deus, acaso, não executarás tu o teu julgamento contra eles? Porque em nós não há força para resistirmos a essa grande multidão que vem contra nós, e não sabemos nós o que fazer; porém os nossos olhos estão postos em ti.” Vs 12

DEUS RESPONDE AOS SEUS SERVOS

Levantando profeta (Jaaziel) cheio do Espírito. Vs.14 Então, veio o Espírito do SENHOR no meio da congregação, sobre Jaaziel, filho de Zacarias, filho de Benaia, filho de Jeiel, filho de Matanias, levita, dos filhos de Asafe,”

Palavras proféticas. (promessa de livramento). I Cor. 15:57 “mas graças a Deus que nos dá a vitória…”

Rm. 8:37 “ Em todas as cousas somos mais que vencedores…”

- “Dai ouvidos… não temais; não vos assusteis; a peleja não é vossa, mas minha.” Vs. 15,16. “…e disse: Dai ouvidos, todo o Judá e vós, moradores de Jerusalém, e tu, ó rei Josafá, ao que vos diz o SENHOR. Não temais, nem vos assusteis por causa desta grande multidão, pois a peleja não é vossa, mas de Deus. Amanhã, descereis contra eles; eis que sobem pela ladeira de Ziz; encontrá-los-eis no fim do vale, defronte do deserto de Jeruel.”

A NECESSIDADE DA FÉ PARA OBTERMOS A VITÓRIA

Comportamento de Josafá depois que ouviu a palavra profética:

- Adorou o Senhor ( fé e confiança) vs.18,19 “Então, Josafá se prostrou com o rosto em terra; e todo o Judá e os moradores de Jerusalém também se prostraram perante o SENHOR e o adoraram. Dispuseram-se os levitas, dos filhos dos coatitas e dos coreítas, para louvarem o SENHOR, Deus de Israel, em voz alta, sobremaneira.”

- Motivou o povo a confiar; a adorar; a louvar e a render graças ao Senhor. Vs. 20-21 Pela manhã cedo, se levantaram e saíram ao deserto de Tecoa; ao saírem eles, pôs-se Josafá em pé e disse: Ouvi-me, ó Judá e vós, moradores de Jerusalém! Crede no SENHOR, vosso Deus, e estareis seguros; crede nos seus profetas e prosperareis.  Aconselhou-se com o povo e ordenou cantores para o SENHOR, que, vestidos de ornamentos sagrados e marchando à frente do exército, louvassem a Deus, dizendo: Rendei graças ao SENHOR, porque a sua misericórdia dura para sempre.”

Deus cumpre sua promessa de vitória  quando o povo o louvava, pondo emboscada aos inimigos. Tendo eles começado a cantar e a dar louvores, pôs o SENHOR emboscadas contra os filhos de Amom e de Moabe e os do monte Seir que vieram contra Judá, e foram desbaratados.” Vs. 22

- Deus deu os despojos dos inimigos ao seu povo. Vieram Josafá e o seu povo para saquear os despojos e acharam entre os cadáveres riquezas em abundância e objetos preciosos; tomaram para si mais do que podiam levar e três dias saquearam o despojo, porque era muito.” Vs. 25

O vale da benção, lugar de alegria e festa com as vitórias obtidas. Ao quarto dia, se ajuntaram no vale de Bênção, onde louvaram o SENHOR; por isso, chamaram àquele lugar vale de Bênção, até ao dia de hoje. Então, voltaram todos os homens de Judá e de Jerusalém, e Josafá, à frente deles, e tornaram para Jerusalém com alegria, porque o SENHOR os alegrara com a vitória sobre seus inimigos.  Vieram para Jerusalém com alaúdes, harpas e trombetas, para a Casa do SENHOR. Veio da parte de Deus o terror sobre todos os reinos daquelas terras, quando ouviram que o SENHOR havia pelejado contra os inimigos de Israel.” Vs.26-29

Uma palavra de Deus para abençoar tua vida: não temas quando os inimigos se levantarem contra você, faça como o rei Josafá, busque a Deus, que ele mesmo colocará emboscada e destruirá os inimigos de tua vida.

Pr Francisco Nascimento

About these ads

Um comentário sobre “ENFRENTANDO OS INIMIGOS

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s