CARTA VIVA


carta-viva

Começamos, por ventura, outra vez a recomendar-nos a nós mesmos? Ou temos necessidades, como alguns, de cartas de recomendação para vós outros ou de vós? Vós sois a nossa carta, escrita em nosso coração, conhecida e lida por todos os homens, estando já manifestos como carta de Cristo, produzida pelo nosso ministério, escrita não com tinta, mas pelo Espírito do Deus vivente, não em tábuas de pedra, mas em tábuas de carne, isto é, nos corações. E é por intermédio de Cristo que temos tal confiança em Deus: não que por nós mesmos, sejamos capazes de pensar alguma coisa, como se partisse de nós; pelo contrário, a nossa suficiência vem de Deus, o qual nos habilitou para sermos ministros de uma nova aliança, não da letra, mas do espírito; porque a letra mata, mas o espírito vivifica.” 2Co. 3:1-6

Em muitos momentos de nossa vida, necessitamos de Q.I. ( quem indique), pois sabemos que através da influência desta pessoa, mais facilmente seremos favorecidos naquilo que almejamos. A ausência deste Q.I. pode dificultar, retardar ou até impedir que sejamos atendidos para abrir uma porta de emprego, um acesso a crédito, nomeação, promoção, concessão fiscal, tributária, jurídica, deferimento de solicitação, etc…

Indicar alguém é algo muito sério e de grande responsabilidade, pois não está em baila apenas o nome, a reputação do outro, mas também a de quem indica.

O texto lido, apresenta como figura central, o grande, ousado e corajoso apóstolo Paulo.

No versículo. 14, do 2º capítulo ele já diz: “Graças, porém a Deus, que em Cristo, sempre nos conduz em triunfo e, por meio de nós, manifesta em todo lugar a fragrância do seu conhecimento”. Como fica claro, cada um de nós, é instrumento para que o conhecimento de Cristo e do evangelho chegue a todos os lugares da terra.

Ele inicia o capítulo 3, criticando, sutilmente, a atitude de alguns cristãos que exigiam dele,carta de recomendação para acesso àquela comunidade. É bem verdade, que ele mesmo já havia se valido, em outras ocasiões, desses instrumentos, pois muitos estranhos chegavam provenientes de outras localidades, mais sem escrúpulos, usavam as igrejas para arrecadarem dinheiro de modo fácil. Algumas vezes, eles eram autores de suas cartas. Colaborar financeiramente para o sustento dos obreiros era ordem neo-testamentária, o que tornava mais fácil o acesso de enganadores e falsos mestres às igrejas locais. Contudo, o apóstolo Paulo não era nenhum estranho. Ele era fundador da igreja em Corinto e por várias vezes havia ministrado ali, ensinado os rudimentos da Palavra e da fé. Por suas obras, os cristãos deveriam ser capazes de reconhecerem a lisura e a autenticidade de seu ministério. “ O caráter de um ministro é todo o capital que ele tem para efetuar sua tarefa”( Champlin)

Ele troveja, então, dizendo no versículo 1 se havia necessidade de ele, Paulo, apresentar “carta de recomendação”, pois a carta real e incontestável que ele apresentava, eram as almas ganhas através de seu ministério, o que era, de fato, mais valioso do que qualquer escrito redigido. Corajosamente ele faz um paralelo entre ele ( Líder) e os discípulos ( que tinham sido salvos através do ministério dele):

A – Os discípulos eram a carta que ele apresentava, homens e mulheres que eram cartas vivas , onde todos podiam ler e conhecer a Cristo;

B – Paulo falava do ministério excelente da Nova Aliança, que não podia ser compreendida pelo senso comum. O coração representa a experiência de salvação individual com Cristo; Hebreus 10:19-20 “Tendo, pois, irmos, intrepidez para entrar no Santo dos Santos, pelo sangue de Jesus, pelo novo e vivo caminho que ele nos consagrou pelo véu, isto é, pela sua carne.”

C – Essa experiência não pode ser estática, mas geradora de vida nova contínua em cada crente, até o encontro final, com Cristo Jesus. 2Co. 5:17 “E, assim, se alguém está em Cristo, é nova criatura; as coisas antigas já passaram; eis que se fizeram novas.”

Paulo acreditava que esse processo de vida nova, tinha sido operada nos cristãos de Corinto. O homem que conhece a Cristo é homem renovado. Ele acreditava que os ensinos ministrados alcançaram os corações daqueles discípulos, a verdade libertadora do evangelho havia surtido efeitos eternos naquelas vidas. “ Ezequiel 36: 26¨”Dar-vos-ei coração novo e porei dentro de vós espírito novo; tirarei de vós o coração de pedra e vos darei coração de carne”. Cada vida cristã é uma tradução do evangelho, que às vezes, são as únicas que o mundo chega a ler. Como carta viva, cada cristão tem responsabilidades diante de Deus e diante daqueles que são usados por Ele, como instrumentos de sua Vida Nova.

Existe um adágio popular que diz “ por ou não a mão no fogo por outrem.” Será que alguém me indicaria como homem ou mulher de Deus? Será que meu pastor, meu líder, colocaria a mão no fogo por mim?

É grande a responsabilidade do crente. Devemos ser transformados segundo a imagem de Cristo, recebendo gradativamente sua natureza moral, passando de um estágio de glória a outro, pelo poder do Espírito Santo. Nós devemos ser os frutos da Nova Aliança, sendo conduzidos pelo poder transformador da graça de Deus.

Paulo aponta os frutos de seu ministério, não com soberba, mas com autoridade. O versículo 5 diz “ não que de nós mesmos sejamos capazes de pensar alguma coisa como se partisse de nós mesmos; pelo contrário, a nossa suficiência vem de Deus”. Ele humildemente reconhecia sua incapacidade humana, antes de serem cartas vivas de seu ministério, eram cartas vivas de Cristo. Ele havia sido mero instrumento da ação do espírito sobre aquelas vidas. 1Co 15:10 “ Mas, pela graça de Deus, sou o que sou; e a sua graça, que me foi concedida, não se tornou vã; antes, trabalhei muito mais do que eles; todavia, não eu, mas a graça de Deus comigo.”

Somos cartas vivas. O que o mundo tem lido em nós? Que frutos estamos apresentando para a igreja, a sociedade, nossas famílias… Mt 7: 16ª “pelos frutos os conhecereis…” O que o mundo tem lido em nós? amor, paz, bondade, tolerância, louvor, perdão, domínio próprio, doação, obediência,, alegria, fidelidade, equilíbrio, servidão, honraria, humildade, cura?????????????

O versículo 6 diz que “ somos ministros de uma nova aliança. Não da lei, mas do Espírito…” o antigo pacto não tinha poder transformador; a Nova Aliança não protege o homem do pecado, mas aponta uma saída, uma esperança, um recomeço, uma nova conduta. Tantos tem falado e buscado o poder sobrenatural do Espírito,mas não há sobrenatural maior do que o caráter de Cristo sendo formado em cada cristão dia após dia.

Somos cartas vivas. Toda carta tem uma data.

A data das cartas vivas é Hoje: (01-03-2009). O crente é. Não adianta o que foi ou o que será. Como o maná no deserto, que aparecia a cada amanhecer e alimentava todo aquele povo. Temos que ser novos hoje. Meu testemunho tem que ser como pão fresquinho, servido no café-da-manhã.

As cartas vivas têm um vocativo: Meu Senhor, e meu Deus!;

As cartas vivas têm um conteúdo: À vontade e as promessas conhecidas através da Palavra de Deus;

As cartas vivas têm uma saudação: De todo coração, com todas as minhas forças, de todo meu entendimento. Eu te amo, Senhor.

As cartas vivas tem um Correio: Jesus, quem nos indica ( nosso Q.I), quem nos leva ao Pai.

As cartas vivas estão seladas com o Espírito Santo da promessa, que garante nossa chegada ao destino.

As cartas vivas têm um endereço de chegada: Os céus.

Que nossos líderes possam exclamar como o apóstolo Paulo – “ Vocês são minhas cartas de recomendação. A perfeição é o verdadeiro alvo da igreja cristã, que só pode ser obtida em Cristo Jesus.

Miss. Helena Paladino

About these ads

2 comentários sobre “CARTA VIVA

  1. Fantástico!
    Este tema me fascina muito. há alguns anos atrás fiz um pequeno estudo sobre Cartas Vivas, mas perdi-o. Foi muito bom encontrar este. Vou me deleitar na leitura e tentar melhorrar cada vez mais na qualidade de “carta enviada” pelo Senhor! Em Cristo, com amor.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s