A PECADORA ENCONTRA A GRAÇA DE DEUS


jesus-e-a-pecadora

“ Afirmou-lhe Jesus: Quem beber desta água tornará a ter sede; àquele, porém, que beber da água que lhe der nunca mais terá sede; pelo contrário, a água que eu lhe der será nele uma fonte a jorrar para a vida eterna.” João 4: 13-14

Nós vivemos num mundo sem graça, verdadeiramente desgraçado, ou seja, sem a graça, onde o que predomina é a exploração, o abuso, o roubo, o engano e a busca da vantagem ao próximo. Um mundo que explora o mérito, meritório, portanto.

O sistema de mérito se caracteriza nas relações dos indivíduos onde para eu receber alguma coisa, preciso dar ou ter alguma coisa em troca. Desde criança somos ensinados nesses princípios.

Precisamos fazer alguma coisa pra ganhar em troca. Portanto, quando alguma coisa vem de graça, costuma-se dizer “esta alma que reza”. Era assim com minha mãe: quando eu começava a elogiá-la e a abraçá-la ela sempre dizia: “diga lá menino quanto tu queres”.

QUANDO A GRAÇA DE DEUS NÃO É COMPREENDIDA

No deserto de Samaria, junto à fonte de Jacó, Jesus a graça de Deus tem um encontro com uma pecadora, uma mulher explorada, abusada, maltratada, discriminada, mal amada, que nunca recebera o valor devido, não era reconhecido seus atributos espirituais, e sim corporais.

Por ser infeliz ela fazia muitas mulheres infelizes, adulterava e tomava os maridos de outras mulheres. Portanto, uma ‘des’ graçada. (SEM A GRAÇA)

No encontro que tivera com Jesus a graça de Deus, ela passa a mostrar como estava distante de compreender a importância que tinha para Deus.

Uma mulher que carregava na sua mente as marcas dos preconceitos raciais, sociais e religiosos. “… como sendo tu judeu, pedes de beber a mim que sou samaritana?” (depois que Jesus pede dela água pra beber). A graça de Deus suplanta todos os preconceitos.

Uma mulher cujos pensamentos são os retratos de muitos de nosso tempo, a inversão de sua real necessidade. Buscam a satisfação física, quando na realidade estão precisando realmente e de satisfação espiritual. “ Senhor, dá-me desta água, pra que eu não venha mais aqui.”

Uma visão acomodada das coisas espirituais queria receber da água e não ir buscar mais. Vs 15

O reino de Deus é dinâmico, não é para os acomodados. “ Quem tiver sede venha mim e beba.” (Jo 7:37)

A graça de Deus precisa ser desejada, buscada, ansiada.

Uma mulher frustrada nos múltiplos relacionamentos que tivera, estava cansada de pecar e ser explorada, decepcionada com a vida. “ … Não tenho marido” ( quando foi perguntada por Jesus onde estava seu marido)

Uma mulher sedenta pela graça de Deus em sua vida. “… Onde, pois, tens a água viva.” Vs 11 “… Senhor, dá-me dessa água.” Vs 15

Uma mulher interessada na salvação de sua alma. “ Eu sei, respondeu a mulher que há de vir o Messias, chamado Cristo, quando vier nos anunciará todas as cousas.” Vs 25

A reação do pecador diante da graça de Deus é receber, acreditar na água viva para sua vida. A mulher creu e se arrependeu.

Deixar o cântaro e ir pregar e testemunhar Jesus em Samaria foi uma evidência de que tinha se encontrado e recebido à graça de Deus em sua vida. Vs 28

AS VÁRIAS FERIDAS DA ALMA NA VIDA DA MULHER SAMARITANA

· Preconceito. “ Como sendo tu judeu pode falar comigo que sou samaritana.

· Sentimento de culpa. (“ Não tenho marido” )

· Discriminação. (reconhecida como adúltera e prostituta)

· Solidão. ( Ia buscar água por volta de meio dia )

· Infelicidade. (Por ser infeliz, levava infelicidade a outras pessoas: adultério)

· Ausência de amor paternal ( Por isso buscava nos vários maridos uma segurança, um apoio de um homem; um referencial, uma afirmação)

· Traumas da infância: (Abandonada; maltratada; rejeitada).

· Mal amada. ( não obstante ter vários tipos de relacionamentos, não se sentia amada e nem realizada)

· Uma mulher objeto. (era cobiçada pelos seus atributos corporais)

· Buscava cura de seus males da alma em lugares e pessoas erradas.

AS 7 DIMENSÕES DA GRAÇA DE DEUS

1. A graça de Deus não condena 2 A graça de Deus não a discrimina. 3. A graça de Deus não a violenta. 4. A graça de Deus acolhe. 5. A graça de Deus perdoa. 6. A graça de Deus dignifica. 7. A graça de Deus valoriza.

QUANDO SE TÊM O CORAÇÃO SARADO POR JESUS TEMOS CAPACIDADEDE REALIZAR GRANDES COISAS PARA A GLÓRIA DE DEUS

O primeiro fato altruístico que aprendemos com a mulher Samaritana depois que recebe da água viva é que ela relativisa as coisas materiais e prioriza as coisas de Deus. (deixa o seu cântaro, o vaso de água, e sai a cidade de samaria para anunciar Jesus ) Vs 28 Mt 6:33

O segundo fato dentro do coração daquela mulher é que há um fogo, que a faz correr para falar do Messias. Creio que ela sabia que havia uma única oportunidade, Jesus estava passando e não saberia se ele retornaria novamente.

O terceiro aspecto positivo é que aquela mulher amava os moradores da cidade em que vivia, não obstante as muitas marcas de relacionamentos traumatizantes. (esse amor a fazia falar que o Salvador estava na porta)

Um fato importante que observamos é que o testemunho daquela mulher é carregado de unção, de convencimento, de credibilidade. (os moradores foram até Jesus e testificaram que de fato ele era o Messias esperado)

O impacto de um testemunho de uma pessoa que antes era ferida, machucada, leva uma cidade, centenas e milhares de moradores a encontrar a água viva, serem salvos sarados e limpos.

O que nós aprendemos com isso? É que Deus pode fazer grandes coisas através de uma pessoa que verdadeiramente se entrega de corpo e alma ao seu reino e sua causa.

Aprendemos outras coisas no ensino da mulher de Samaria: não importa como se encontra as condições do vaso a ser usado, o que ele precisa é de água viva, para ser restaurado, limpo, purificado. O vaso não é mais importante, desde que ele carregue a água viva.

Por que o testemunho dessa mulher fala até hoje? Por que ela não é diferente de mim e de você. Era uma pecadora necessitada de cura e de libertação, precisava de água viva que sai do trono de Deus.

Mas também ela com seu coração sarado por Deus nos ensinam que devemos nos preocupar em testemunhar das bênçãos recebidas. Falar para os moradores de nossa cidade que Jesus está à porta, e que precisamos sair ao encontro dele, para sermos salvos.

Pr Francisco Nascimento

About these ads

7 comentários sobre “A PECADORA ENCONTRA A GRAÇA DE DEUS

  1. Li sua mensagem é realmente muito edificante.
    Parabens, continue sendo canal de bençãos para outros.
    Abraço em Cristo.

  2. A paz do nosso senhor Jesus Cristo.

    Pastor, rogo a Deus em nome de Jesus para que possa continuar esta obra edificante, são pessoas cheias do Espiríto Santo que faz a diferença. Creio que esta mensagem alcançara muitas vidas.

    Deus o abençoe.

  3. Gostei muito de sua mensagem, parabens, acredito que a Graça do Senhor é algo muito mais alem do que podemos imaginar……………………….

    é até dificil de compreender…………………..

  4. Para fazer um comentário desse nível, é necessário possuir um domínio total sobre uma luz que nunca se apaga !
    Certamente, alcançarás a vida eterna …
    Mas não tenha pressa… continui nos iluminando com ela…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s